Pós-gestação

Depois do parto podemos  nos sentir feias, inchadas, geralmente ficamos acima do peso e ainda com um bebê pra cuidar. Algumas dicas de tratamentos que podem ser feitos no pós-parto para amenizar essa sensação e aumentar a auto estima ou mesmo aproveitar o tempo da licença maternidade em casa.

Ir no salão fazer uma escova e mudar o corte de cabelo: parece uma atividade simples, mas ela pode ajudar a fazer sentir-se melhor nesta fase.

 

Design de sobrancelhas: os olhos são a janela da alma. Uma mudança no design das suas sobrancelhas pode te dar um olhar diferente e mudar a aparência do seu rosto.

Depilação: se estivermos em dias de calor, melhor ainda. Assim você estará preparada para uma piscina em um momento de folga ou colocar um vestido sempre que quiser.

Limpeza de pele: cuidar da pele é sempre necessário, e uma limpeza de pele na pós-gestação ajudará a cuidar quando não temos muito tempo para nós mesmas.

Massagem: ajuda a relaxar e tirar um pouco a tensão dos braços, que aumenta depois de carregar o bebê por tanto tempo no colo.

Drenagem linfática: todo o líquido e toxinas acumuladas durante todo o período de gestação e o pós, podem ir embora com a ajuda de algumas sessões de drenagem linfática.

Carboxiterapia: gordura localizada, celulite, estrias, flacidez de pele, são alguns dos problemas mais comuns das recém mamães. Algumas sessões de carboxiterapia podem ajudar.

Radiofrequencia: é um tratamento estético utilizado também no combate à flacidez do rosto ou do corpo, rugas, linhas de expressão, gordura localizada, celulite e estrias.

Preenchimentos: para preencher rugas e sinais de envelhecimento, eles são um tratamento temporário e eficaz para quem não deseja enfrentar medidas tão definitivas quanto uma cirurgia plástica.

Laser para vasos: quem sofre com os vasinhos, pode tê-los apagados da pele em poucas sessões de laser, que elimina os vasos em vários locais, inclusive no rosto e mãos.

 

Converse com seu médico se existe alguma restrição no seu caso para estes procedimentos.

Lembrando que qualquer procedimento cirúrgico deve aguardar o término da amamentação e só devem acontecer mínimo 6 meses após o parto para que os riscos de intercorrências sejam menores.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
WhatsApp Clique aqui e fale conosco via WhatsApp