11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Os benefícios do Caqui

Descubra os benefícios do caqui

Você já comeu caqui? O caqui é uma fruta bastante suculenta e que lembra muito o tomate. Apesar de não estar entre as frutas mais consumidas do Brasil, o caqui está ganhando cada vez mais destaque devido às suas propriedades milagrosas. Quando maduro, o caqui é uma grande fonte de nutrientes importantes para nosso corpo, como proteínas, fibras, vitaminas do complexo B, cálcio, vitaminas A, C e K, magnésio, fósforo, manganês e potássio. Estima-se que, a cada 100 g, o caqui apresente cerca de 70 calorias distribuídas em carboidratos (18,6 g), proteínas (0,6 g), fibras (3,6 g) e gorduras (0,2 g). Hoje, vamos explorar um pouco mais dessa fruta que traz tantos benefícios para nosso corpo e mente.

Conheça a seguir os benefícios do caqui:

Melhora a visão

O caqui protege a saúde dos olhos porque possui os carotenoides zeaxantina e luteína, que já foram estudados cientificamente e apostados como substâncias capazes de ajudar a melhorar a visão. Essas substâncias agem na retina e atuam no combate à degeneração macular, prevenindo doenças como a catarata. O alimento também contém vitaminas A, C e K, que protegem contra danos causados pela radiação ultravioleta, além de diminuírem as rugas na região ao redor dos olhos.

Melhora o sistema digestivo

O caqui apresenta grande quantidade de fibras, que reconhecidamente auxiliam em todo o processo digestivo, facilitando a passagem das fezes e prevenindo a terrível prisão de ventre. A fruta também é eficiente em tratamentos de infecções no ânus e na prevenção de câncer de cólon.

É emagrecedor

O caqui é basicamente composto por líquido e fibras, que ajudam a estimular a sensação de saciedade, mantendo o controle do apetite em dia. Assim, é possível reduzir o número de calorias ingeridas e, eventualmente, emagrecer. Existe, porém, algo que deve ser considerado: o teor de açúcar do caqui não é baixo e, portanto, é aconselhável consumi-lo antes de ir treinar, por exemplo, o que irá ajudar a converter o açúcar em energia para ser gasta com os exercícios. Além disso, o caqui hidrata o corpo.

Retarda o envelhecimento

Como os radicais livres ajudam a envelhecer precocemente e a fruta possui substâncias que os combatem, o caqui pode proteger contra o envelhecimento. Isso porque ele possui vitaminas A, C e K, que tratam a pele, mantendo-a sempre saudável e afastando as rugas que chegam com o avanço da idade.

Aumenta o sistema imunológico

O caqui é fonte de vitamina C, substância que melhora nossa imunidade, ajudando o corpo a fortalecer seu sistema de defesa. Além disso, esse nutriente ajuda a melhorar a absorção de ferro – o que auxilia no transporte de oxigênio ao longo do corpo, uma vez que o mineral compõe os glóbulos vermelhos.

Faz bem para o coração

O caqui, além de todos os benefícios que já citamos, é fonte de potássio e ajuda a expandir os vasos sanguíneos e relaxar os músculos, contribuindo para o controle da pressão arterial. Com a pressão arterial sob controle, nosso coração sofre menos estresse e seu funcionamento é otimizado. Além disso, a fruta é pobre em gordura e isso faz com que ela ajude a manter o nível de colesterol controlado.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).