11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Óleos Funcionais ajudam a emagrecer

Adote os óleos funcionais em sua dieta e ganhe beleza, saúde e tranquilidade.

Os óleos funcionais não eram muito utilizados no Brasil, mas isso começou a mudar nos últimos anos e muitas mulheres já inseriram essas maravilhas em suas dietas. Os óleos funcionais, para quem ainda não os conhece, são derivados de sementes e frutas oleaginosas. Eles contêm ômegas 3, 6 e 9 e ajudam a regular os hormônios, uma vez que possuem ação anti-inflamatória. Os óleos funcionais também ajudam a desinchar, melhorar o ciclo menstrual e equilibrar a TPM, acelerando o metabolismo e promovendo uma maior saciedade. Além disso, eles são ótimos para quem quer melhorar a saúde da pele em geral.

Ao contrário do que muita gente pensa, os óleos também exigem a boa e velha moderação. Se aliados à uma dieta, os resultados são visíveis para qualquer mulher. O ideal é consumir não mais do que duas colheres de sopa todos os dias. Existem também as versões em cápsulas. Nesse caso, recomenda-se consumir duas cápsulas pouco antes das principais refeições do dia – isso pode variar dependendo do fabricante e do próprio óleo. Outra dica importante para quem está interessada em consumir os óleos funcionais é o fato de que eles precisam ser consumidos em temperatura ambiente e não aquecidos. Ao aquecer os óleos, eles perdem a maioria de seus nutrientes e podem se tornar nocivos para a ingestão.

Conheça 4 tipos de óleos funcionais!

1. Óleo de amêndoa

Esse óleo é muito usado para fazer esfoliações e não é para menos, visto que ele ajuda no bom funcionamento de todo o sistema cardiovascular e possui uma grande quantidade de ômega 6 e 9. O óleo de amêndoas também é maravilhoso quando aplicado sobre a pele e oferece as mesmas propriedades encontradas na maioria dos cremes hidratantes.

2. Óleo de linhaça

A linhaça todo mundo já sabe que é ótima para a saúde do corpo em geral. Porém, muitos não conhecem o óleo de sua semente. O óleo de linhaça contém substâncias que reduzem o colesterol alto e o colesterol ruim (LDL), ajudando na regulação da pressão arterial. Outros benefícios do óleo de linhaça são a redução dos triglicerídeos no sangue e o aumento da saciedade, graças à grande quantidade de ácidos graxos presentes no óleo de linhaça.

3. Óleo de gergelim

Outro óleo que pode fazer parte de sua rotina alimentar. A planta do gergelim vem do Oriente e suas sementes contêm propriedades funcionais. Rico em vitamina E, o óleo de gergelim ajuda a diminuir inflamações no organismo e alivia os principais sintomas da TPM. Possui também antioxidantes que ajudam a proteger o fígado e evitar o acúmulo de toxinas nesse e em outros órgãos do corpo.

4. Óleo de macadâmia

Esse óleo é, talvez, o menos conhecido entre todos os óleos citados aqui. Porém, é tão rico e benéfico quanto os demais. O óleo de macadâmia ajuda a controlar o triglicérides, o sangue e a glicemia, sendo também ótimo para combater o envelhecimento. O óleo de macadâmia também contêm substâncias protetoras já presentes na pele, mas que diminuem com o avanço da idade. Ele age como repositor e resgata o frescor e a jovialidade da pele.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).