11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Ninfoplastia no pós-parto: tudo o que você precisa saber

Ninfoplastia no pós-parto: tudo o que você precisa saber

Ter um bebê é um dos momentos mais marcantes na vida de muitas mulheres. Mas algumas delas já entram no centro cirúrgico pensando em realizar uma Ninfoplastia no pós-parto.

A ideia é aproveitar a comodidade de já ter à disposição todo o aparato necessário para o procedimento – e também o período de recuperação do parto. Mas será que isso é de fato possível?

Se você vem pensando nessa possibilidade, aproveite este artigo para colher mais informações sobre uma possível cirurgia íntima no pós-parto.

A Ninfoplastia

Esse procedimento, que também é conhecido como Labioplastia, tem como objetivo a redução dos pequenos lábios vaginais.

Ele costuma ser indicado para mulheres que possuem hipertrofia dos pequenos lábios – o crescimento exagerado da pele dos pequenos lábios, fazendo que seu volume ultrapasse o dos grandes lábios e fique mais aparente.

Os pequenos lábios têm como função proteger o canal vaginal, evitando infecções e auxiliando no processo de lubrificação local.

Porém, quando sua extensão é exagerada, pode gerar uma série de transtornos funcionais, estéticos e até mesmo psicológicos.

Essa má formação pode influir até na relação sexual, já que algumas mulheres precisam segurar os pequenos lábios com as mãos durante a penetração para evitar que entrem no canal vaginal.

Ninfoplastia antes e depois

A grande maioria das pacientes recém-operadas em uma Ninfoplastia sente apenas um leve desconforto após a cirurgia.

Isso é facilmente contornado com analgésicos leves – mas isso depende da sensibilidade a dor de cada uma. Em alguns casos, as mulheres até dispensam a medicação.

Esse possível incômodo no local permanece pelos primeiros dias – com a possibilidade de uma intensidade maior entre o 2º e o 5º dia de pós-operatório.

Para evitar sentir dor ou outro tipo de desconforto após o procedimento, é muito importante seguir à risca todas as recomendações médicas.

Possibilidades de combinar uma cirurgia íntima com o parto

Sempre que uma mulher planeja fazer um parto normal, é comum que a questão sobre a possibilidade de a vagina alargar seja um pensamento comum.

Isso está fortemente ligada à episiotomia – um corte feito na vagina para facilitar a passagem do bebê que pode comprometer a estrutura muscular e nervosa do períneo.

Com isso, o músculo pode ficar mais flácido, gerando um possível quadro de incontinência urinária e, em determinados casos, dor durante a prática de sexo.

É por isso que muitas mulheres buscam as cirurgias íntimas, como a Ninfoplastia. Para garantir que sua região íntima também retome a “forma antiga”, anterior à gravidez. 

Mas nesses casos de alargamento do canal vaginal, a indicação médica é pelo rejuvenescimento vaginal. O objetivo deste procedimento é estreitar as paredes da vagina, tornando seus músculos mais apertados, além do canal vaginal e da abertura da genitália.

Dessa forma a fricção no local aumenta de intensidade, gerando mais sensação de prazer e satisfação sexual.

Porém, é arriscado unir dois procedimentos tão distintos em um só momento cirúrgico – pequenas exceções podem ser abertas de acordo com a extensão da cirurgia.

Mas, devido às alterações hormonais, a grande maioria dos especialistas sugere que a paciente aguarde um período após o parto para fazer qualquer cirurgia.

Especialmente se a mulher estiver amamentando: como algumas substâncias anestésicas podem impactar na produção do leite, a mãe teria que suspender o aleitamento por um período.

Como nesse momento o crescimento saudável do seu bebê é uma questão de extrema importância, é melhor aguardar.

Assim sendo, o intervalo de tempo ideal para que a mulher realize qualquer cirurgia plástica, como a Ninfoplastia ou Rejuvenescimento Vaginal é de pelo menos seis meses após o parto.

Isso porque após este período, o equilíbrio hormonal do organismo feminino será maior. Mas de toda forma, toda paciente precisa de uma avaliação médica criteriosa.

Saiba mais sobre Ninfoplastia aqui!

Ninfoplastia

Se você está em busca de mais informações sobre Ninfoplastia no pós-parto ou outras cirurgias plásticas nesse período, fale com a Dra. Luciana: é só clicar a seguir e enviar a sua dúvida. 

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).