Mamoplastia Redutora e o Lifting de Mamas

Mamoplastia redutora e o lifting de mamas

Saiba como a Mamoplastia redutora e o lifting de mamas podem ajudar quem passa por incômodo tanto para a saúde como para a autoestima da mulher

A hipertrofia mamária pode ser um incômodo tanto para a saúde como para a autoestima da mulher. Além de causar dor, as mamas com volume excessivo podem levar ao desconforto social, fazendo com que algumas mulheres passem a se esconder.

Elas vestem roupas mais largas e evitam participar de atividades comuns como festas, praticar esportes ou frequentar a praia.

A mulher insatisfeita com o seu próprio corpo evitará se expor de qualquer forma. É muito comum que pessoas que não passam por esse tipo de problemas achem que é exagero alguém deixar de fazer algo porque uma roupa não serviu ou porque ficará constrangida. Mas apenas quem vive dia após dia lidando com esses problemas sabe o quanto é difícil.

Saiba como a mamoplastia redutora e o lifting de mamas podem ajudar quem passa por esse tipo de situação!

Objetivos da mamoplastia redutora

A indicação do procedimento de mamoplastia redutora não é apenas para a melhoria estética. Na maioria dos casos, a paciente se queixa de dores e dificuldades para executar algumas atividades diárias.

A mamoplastia redutora é um procedimento que corrige adequadamente o tamanho das mamas de acordo com o biótipo de cada mulher, melhorando a saúde e o bem-estar da paciente.

O volume excessivo dos seios traz, por consequência, a queda das mamas, que chamamos clinicamente de ptose e, para esses casos, também é indicado o lifting das mamas (mastopexia).

Em consulta, o cirurgião avaliará exatamente qual o grau de ptose em que as mamas estão, conforme a altura da aréola em relação ao sulco inframamário. Com o procedimento de lifting de mamas será possível remodelar o tecido mamário, compondo um novo contorno aos seios.

Benefícios da mamoplastia redutora e mastopexia

Existem problemas que só mulheres com seios grandes entendem. Com a mamoplastia redutora a paciente conquistará mais qualidade de vida e uma vida social mais ativa.

Reduz ou acaba com as dores nas costas e nos ombros

Nem todos os modelos de lingeries são indicados para mulheres com seios grandes. Por falta de opções, elas acabam usando tamanhos inadequados, desconfortáveis e ainda encurtam as alças acreditando que esse ajuste manterá seus seios bem sustentados.

Infelizmente, o único resultado que se alcança são dores nas costas, nos ombros e ainda faz com que a região que está sendo pressionada por muito tempo fique sensível, avermelhada e, em alguns casos, até pode machucar a pele.

A mamoplastia redutora trará uma melhoria postural, eliminando a pressão que o sutiã causa em cima do músculo trapézio, poupando a região de uma inflamação muscular entre outros agravantes.

Facilita na hora de comprar roupas e lingeries

Sabe aquele último lançamento de lingerie “tomara que caia” todo produzido em renda? Dificilmente terá o tamanho adequado para mulheres de seios grandes e certamente o conforto passará longe o que a frustrará ainda mais.

Encontrar um biquíni que sirva, então, é quase impossível. A maioria das mulheres acaba desistindo e comprando dois tamanhos para montar um par. E aquela camisa nova só poderá ser usada colocando uma blusinha por baixo para disfarçar aqueles espaços entre os botões bem na região das mamas.

Os procedimentos de mamoplastia redutora e lifting das mamas proporcionarão não apenas facilidade para encontrar roupas e usar vestidos decotados ou sem alças, como também trarão conforto ao usar bolsas transversais ou cinto de segurança.

Aumenta a qualidade de vida

A paciente poderá voltar a ter uma vida social mais ativa. Voltar a frequentar piscinas, praias e a praticar esportes com mais liberdade e autoconfiança.

O peso das mamas que antes agravava ainda mais o problema da flacidez, sobrecarregando os ligamentos de sustentação, não a incomodará mais. E nos dias mais quentes não haverá mais suor embaixo das mamas e entre elas, evitando assim as irritações de pele e outros problemas mais graves.

Existem outros procedimentos além da mamoplastia redutora e mastopexia que podem ajudar nesse processo de transformação para uma qualidade de vida melhor.

Agende uma consulta com a Dra. Luciana Pepino e saiba mais sobre essas e outras cirurgias clicando aqui.

 

Você pode saber mais sobre abdominoplastia e outros procedimentos realizados pela Dra. Luciana Pepino

Baixando agora nosso e-book sobre abdominoplastia gratuitamente!

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).