As frutas e toda a sua importância para a saúde

Saiba mais como uma dieta rica em frutas pode ajudá-la, inclusive, a combater o envelhecimento precoce

 

Elas fazem o maior sucesso no verão, mas basta o clima esfriar para muitas pessoas esquecerem delas. As frutas são uma delícia, cada qual com seu gosto peculiar, mas na verdade elas são muito mais do que apenas alimentos saborosos: elas têm importância fundamental para a saúde. E o inverno é justamente uma época para não deixá-las de lado. Além de sucos e vitaminas, as frutas podem ser agregadas às refeições, compondo pratos saborosos e de paladar muito especial, que colaboram para uma vida mais saudável. Tomar consciência disso é ter uma ferramenta poderosa nas mãos, capaz de regular colesterol, combater o acúmulo de líquidos, evitar câimbras e até para prevenir o envelhecimento precoce.

 

Poucas calorias e muitas vitaminas

 

Quer mais um motivo para investir nas frutas no seu dia a dia? A maioria delas têm pouquíssimas calorias, ao contrário de alimentos como as massas, frituras e biscoitos. Elas são fundamentais no café da manhã, perfeitas para compor o almoço e o ideal para aquele lanchinho quando a boca água de vontade de mastigar alguma coisa. Como o organismo não consegue produzir sozinho todas as substâncias de que precisa para se manter saudável, as frutas são uma fonte segura de vitamina A (essencial para a visão, por exemplo), vitamina B6 (que combate o cansaço e a fadiga) e vitamina C (que, entre outras tantas coisas, previne a oxidação das células, combatendo o envelhecimento precoce), entre outras tantas.

 

Comece pelo início: frutas no café da manhã

 

Manter-se em forma de forma saudável e saborosa e mais fácil do que você imagina, principalmente se começar o dia com um café da manhã caprichado com frutas variadas. Esse pode ser o primeiro passo para uma verdadeira revolução alimentar que logo, logo você verá no espelho: incluindo frutas como o açaí e a uva, por exemplo, você estará retardando o envelhecimento das células, o que, é claro, se reflete também na sua pele. O açaí, por exemplo, além de ser um energético poderoso e ser rico em fibras – o que ajuda o intestino a funcionar melhor e portanto também a manter a forma – contém as vitaminas B1, B2 e C, que mantém a imunidade alta, essencial para quem o processo de envelhecimento já começou. Como é muito calórico, no entanto, seu consumo deve ser limitado a uma porção de 100g a 150g por semana.

 

Uvas e maçãs: amigas do organismo saudável

 

As uvas roxas são outra fruta amiga de quem quer deixar a velhice passar longe. Elas contêm componentes fenólicos que são reservas ricas de antioxidantes, que também colaboram para reduzir a incidência de doenças do coração e ajudam a baixar níveis do colesterol ruim, o LDL. As maçãs também estão nesse time – não é à toa há um ditado inglês que diz que “uma maçã por dia mantém o médico longe”: nos EUA, nutricionistas da Universidade de Cornell pingaram extrato de maçã em células cancerosas de mama e constataram que elas pararam de se multiplicar. Já na PUC-RGS o Núcleo de Pesquisas em Alimentos Funcionais descobriram que as moscas que se alimentavam de maçãs viviam 30% a mais do que as outras. Mas a lista de frutas amigas da juventude é grande, inclui ainda morangos, amoras, framboesas e kiwii, entre outras. O cardápio é farto e ao alcance de todos.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).