Flacidez abdominal: 5 dicas para endurecer a barriga

flacidez abdominal tratamento

Se você sonha com uma barriguinha durinha e lisinha, descubra agora algumas dicas que podem ajudar você a conquistar essa silhueta

 

Uma barriguinha saliente e flácida representa um grande problema de autoestima para muitas pessoas. Essa região, em especial, às vezes custa a responder à dieta e aos exercícios, sendo necessário recorrer aos procedimentos estéticos.

Descubra agora 5 dicas de hábitos e medidas que você pode adotar para ajudar você na busca pela sua silhueta ideal.

 

  1. Tenha uma alimentação saudável

De nada adianta fazer mil exercícios e procedimentos estéticos se a sua alimentação for rica em açúcares e gorduras. Alimentos ricos em carboidratos simples, fast food e industrializados contribuem para o acúmulo de peso e o depósito de gordura na região da barriga.

Por isso, quem quer ter uma barriga lisinha precisa investir em uma alimentação saudável, com alimentos de baixo índice glicêmico. Invista em vegetais, frutas, cereais integrais e carnes magras, evitando os doces, a farinha branca e os alimentos altamente processados.

Lembre-se de que o excesso de açúcar no sangue aumenta o índice glicêmico, que favorece o acúmulo de gordura na barriga e dá picos de fome. Dessa forma, é preferível consumir alimentos ricos em fibras e sem açúcar adicionado artificialmente.

 

  1. Tenha uma rotina de exercícios físicos

Além de ter uma alimentação saudável, é preciso ter uma vida ativa fisicamente. Os exercícios ajudam a perder peso, eliminar gordura, combatem a flacidez abdominal e evitam uma infinidade de problemas de saúde.

Para queimar calorias e evitar o ganho de peso, é importante investir em exercícios aeróbicos. Alguns exemplos são caminhada, corrida, bicicleta, dança, spinning, entre outros. Esses exercícios favorecem a eliminação da gordura, inclusive a abdominal.

Outro tipo de exercício que você não deve deixar de lado é a musculação, e isso envolve o corpo todo. Embora esses exercícios em si não queimem muitas calorias, o tecido muscular gasta muito mais calorias que o tecido adiposo.

Assim, ao ter o corpo mais tonificado, seu organismo naturalmente tem um gasto energético maior. Dessa forma, você evita o acúmulo de peso e o depósito de gordura abdominal.

 

dicas para endurecer a barriga

 

  1. Invista em exercícios específicos para a região do abdômen

É claro que, além do treino para queimar calorias, aumentar a capacidade respiratória e fortalecer os músculos em geral, é importante fazer exercícios específicos para a barriga.

A região abdominal é composta pelo músculo reto e por músculos menores, como os oblíquos e o transverso. Para combater a flacidez abdominal, é necessário fortalecer todo esse conjunto.

Se você gosta de se exercitar em casa, mas não tem muito tempo para isso, você pode realizar exercícios de alta intensidade.

Um bom exemplo de treino está no vídeo abaixo. Ele mostra duas pessoas fazendo uma série bastante intensa de exercícios para a barriga, cada uma no seu ritmo.

 

  1. Tratamentos estéticos

Quando somente a alimentação e os exercícios não são suficientes para você conquistar a barriga dos sonhos, está na hora de recorrer aos tratamentos estéticos. Conheça os principais procedimentos focados em endurecer a barriga:

  • Drenagem linfática: a drenagem em si não endurece a barriga, mas ela ajuda a eliminar os líquidos e toxinas acumuladas. Com isso, esse procedimento colabora com a eliminação da gordura abdominal;
  • Radiofrequência: é um aparelho que estimula a produção de colágeno, ajudando a firmar a combater a flacidez na barriga. Ele também ajuda a eliminar a gordura local;
  • Corrente russa: é um aparelho que produz uma corrente elétrica de baixa intensidade, fazendo com que os músculos se contraiam. Essa contração é mais potente que a dos exercícios, permitindo uma melhora no tônus muscular e aumentando sua firmeza;
  • Carboxiterapia: consiste na injeção de CO2 abaixo da pele para estimular o fluxo sanguíneo e a oxigenação dos tecidos. Isso aumenta a produção de fibras de colágeno e elastina, ajudando a eliminar a flacidez abdominal.
  • Criolipólise: o aparelho aplica temperaturas bastante baixas na pele, capazes de congelar as células de gordura. Isso faz com que essas células se rompam e o organismo consiga eliminá-las mais facilmente.
  1. Procedimentos cirúrgicos

Dependendo do grau de flacidez e da quantidade de gordura acumulada, a dieta, os exercícios e os procedimentos estéticos podem não dar conta do seu objetivo. Nesse caso, é preciso recorrer aos procedimentos cirúrgicos para combater a flacidez abdominal.

Para isso, podem ser necessários fazer dois tipos de procedimentos, a lipoaspiração e a abdominoplastia. A lipoaspiração tem como objetivo fazer a sucção do excesso de gordura abdominal.

A abdominoplastia, por sua vez, remove o excesso de pele e melhora a disposição dos músculos. Assim, a região abdominal fica mais tonificada e com uma aparência mais lisinha. Pode ser necessário associar essas duas cirurgias plásticas para obter os resultados desejados.

Se esse é o seu caso, sempre faça uma consulta com um cirurgião plástico de confiança para saber quais são os tratamentos mais indicados. Lembre-se de perguntar sobre os cuidados pós-operatórios e quais resultados você pode esperar.

 

  • 92
    Shares

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. Joziane França disse:

    Dra. Boa tarde tenho abdômen com muitas estrias e circunferência com mais de 90 cm estou também a cima do peso nessa caso não é indicado cirurgia tenho q emagrecer primeiro??

    • Dra. Luciana Pepino disse:

      Joziane,
      Sinceramente só tenho como responder te vendo e avaliando pessoalmente, uma vez que cada caso é um caso e que tem um diagnóstico específico. Se desejar, ligue para nós e agende sua consulta sem compromisso, pois a avaliação do seu caso é essencial, somente assim poderei opinar sobre qual a melhor indicação para você e lhe mostrar alguns resultados de outros pacientes.

      Neste link estão os telefones da clínica, caso queira nos ligar: https://goo.gl/nvCFzz

      Estamos à disposição para ajudá-la da melhor forma.