Menu

Por que temos celulite?

Por que temos celulite?

Não é de hoje que a celulite é a grande vilã das mulheres. Quem gosta de ter um corpo mais bem cuidado conhece bem o aspecto não muito agradável que a celulite traz para nossa pele. Apesar de ela ser conhecida mundialmente, pouca gente sabe como a celulite se instala no corpo.

Por natureza, nosso organismo apresenta células que desempenham a função de acumular energia, mas o que acontece é que este acúmulo também ocorre sob a forma de gordura. A razão pela qual esta gordura se acumula é exatamente para ser reutilizada quando for necessário. Essas células, que levam o nome de adipócitos, estão localizadas em nossa hipoderme, que é a camada mais aprofundada de nossa pele. No caso das mulheres, essa camada mais grossa contém fibras que fazem a ligação entre a superfície da pele e seu tecido mais aprofundado, podendo ser comparado a um daqueles colchões de mola. Estas fibras acabam repuxando a pele para baixo, e é a partir daí que os famosos ”buraquinhos” bastante característicos da celulite aparecem. O aparecimento da celulite é mais comum nas coxas, culote, glúteos, abdômen e braços.

Como a celulite está diretamente relacionada ao acúmulo de gordura em nosso corpo, uma boa alimentação tem um papel crucial na prevenção e principalmente no tratamento de redução da celulite. É importante salientar que mesmo com tratamentos adequados para a diminuição de uma celulite já instalada, a mulher nunca terá um resultado satisfatório se não trabalhar diretamente nas causas da celulite, ou seja, por meio da implementação de exercícios físicos e uma dieta saudável à sua rotina diária. O ideal é tirar do cardápio todos aqueles alimentos pouco nutritivos e cheios de gordura saturada e conservantes. Também já é sabido que a celulite está quase sempre ligada à obesidade e ao sedentarismo. O aumento excessivo de peso acarreta também o aumento de células gordurosas. No caso da obesidade, além da celulite, ocorre também a compressão dos vasos linfáticos, responsáveis por drenar os líquidos e proteínas de nossa pele e, como consequência disso, há a formação de fibrose, causando inflamações e dor na região.

Apesar de o aparecimento da celulite estar frequentemente ligado à uma alimentação menos nutritiva e mais calórica, existem alguns outros fatores que também contribuem para o desencadeamento ou agravamento da celulite, sendo os mais frequentes a hereditariedade e as alterações enzimáticas e hormonais, que alteram a circulação e causam o acúmulo de líquidos nas células de gordura. Este acúmulo de líquido ou, dependendo do caso, de proteínas pode alterar o tecido subcutâneo da pele e com isso desregular toda a superfície dela, causando a tão famosa textura de ”casca de laranja”.

A celulite é dividida em quatro graus: leve, visível, intensa e grave. No grau leve, os furos ainda são minúsculos e só podem ser vistos se a pele for fortemente pressionada. No grau visível, como o nome já diz, o sistema linfático começa a perder forças de combate e ocorre então o aparecimento de edemas. No grau intenso já é possível avistar e sentir através do toque nódulos, aspereza intensa e até inchaço da pele, que normalmente fica mais gelada devido à falta de circulação sanguínea. No último grau, o grave, é possível notar a celulite até mesmo através das roupas. Além disso, neste último grau a pele tende a ficar dolorida e bastante endurecida, complicando ainda mais os quadros de tratamento.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. Ivete de castro pereira disse:

    Boa noite tenho celulites k estão me deixando com baixa estima faço dança academia irregular não vou sempre prk n consigo gostar de academia.meu marido vive dizendo k minhas pernas estão feias.já fiz sessões d carboxterapia corrente russa mantus.mas não deram resultado.pelo contrario o carbox mi deu vasos na CX.Vc t algum tratamento k de resultados mais eficazes. Obrigada

    • Luciana Pepino disse:

      Oi, Ivete. Como sempre digo, é de extrema importância que o paciente faça uma avaliação pessoal. Precisamos não apenas vê-la pessoalmente, como também saber de seu histórico médico, entre outras informações essenciais. Assim podemos garantir o conforto e segurança de nossos pacientes. Após a primeira avaliação é possível definirmos valores e formas de pagamento.

      Entre em contato conosco, se quiser, para agendar sua primeira consulta. No link estão nossos telefones: http://goo.gl/fwys7x

      Beijos!