11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Mulher: inteligência, competência, força e, se ela quiser, muita beleza também

Mulher maquiada e com cabelos arrumados

Dia Internacional da Mulher: uma data para refletir sobre as dificuldades que ainda enfrentamos, valorizar nossas conquistas diárias e apreciar nossa feminilidade

Desde cedo, nós somos desafiadas a mostrar que não existem tarefas de homens e tarefas de mulheres, e que nós somos capazes de exercer muito bem qualquer profissão. Em nossas carreiras, muitas vezes somos colocadas à prova, sendo consideradas menos profissionais que nossos colegas homens. E nós damos conta.

Poucas de nós contam com um parceiro que divide as tarefas da casa e da criação dos filhos, cabendo às mulheres a responsabilidade total sobre a alimentação, a educação e os cuidados com as crianças. E tudo isso, geralmente, acompanhado do expediente fora de casa, em escritórios, consultórios, fábricas, lojas e muitos outros locais.

E mesmo nesse mar de responsabilidades, nossa feminilidade persiste. Por mais que tenhamos que enfrentar os desafios de um mundo que não é tão acolhedor para as mulheres, ainda encontramos espaço para demonstrar nossos sonhos, vontades e gostos.

Se sentir bonita, escolher um look especial, cuidar das unhas e cabelos não nos torna fúteis ou menos capazes. Essas são características da feminilidade, da valorização do belo e do se sentir bem com você mesma.

mulher sorrindo mulher gravida com a mão na barriga

Mulher inteligente x Mulher bonita?

Às vezes, nos deparamos com comparações totalmente descabidas que sugerem que uma mulher bonita não pode ser inteligente e competente ao mesmo tempo. Isso não é verdade. Nossa capacidade intelectual e profissional não é diminuída por nossa vontade de estar bonita – só é diminuída por quem não enxerga as mulheres como iguais.

Enfrentamos jornadas duplas ou triplas e, se quisermos, temos sim o direito de cultivar nossa vaidade. Mesmo cansadas, se for da nossa vontade, conseguimos estar lindas em qualquer ocasião. Conseguimos brilhar, encantar e ser as rainhas de qualquer ocasião, desde que este seja o nosso desejo para o dia.

Praticar exercícios físicos, cuidar da alimentação, recorrer a procedimentos estéticos ou fazer uma cirurgia plástica não são atitudes que nos diminuem ou que nos reduzem a um corpo. Bem pelo contrario: cuidar de si mesma e cultivar a saúde e o bem-estar emocional e psicológico é o que faz das mulheres seres tão fortes, capazes e dispostos a vencer os obstáculos que a vida nos traz.

O Dia Internacional da Mulher é, antes de tudo, uma data para celebrar o direito que nós mulheres temos de desfrutar da nossa personalidade, das nossas vontades e dos nossos sonhos. E como somos tão multifacetadas, guerreiras, corajosas e cheias de habilidades, nossa vaidade não nos impede de desempenhar nossas obrigações tão bem quanto nossos maridos, pais, irmãos e colegas.

A feminilidade não é algo a ser tolhido ou escondido, pois ela é parte da nossa essência. Aproveite este Dia da Mulher para pensar sobre o que te faz se sentir bem e o que você poderia fazer por você mesma para se sentir ainda melhor. Você tem esse direito. Feliz Dia Internacional da Mulher para todas nós!

mulher sorrindo com a mão no queixo

Visite também: Cirurgia Íntima aumenta a autoestima das mulheres. Saiba por quê

 

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).