Menu

Diferenças entre lipoaspiração e lipoescultura

Esses métodos cirúrgicos são focados no quesito gordura, mas a utilizam com propósitos que as tornam complementares

Não adianta! Quando aquela gordurinha localizada se torna um fator preocupante até demais, é muito fácil pensar em recorrer a uma cirurgia plástica. Dentre tantas opções de procedimentos, é normal ficar com aquela dúvida, mas nada que não possa ser resolvido com uma conversa bem honesta com um médico especializado naquilo que você almeja. Nessa mistura de métodos estéticos que visam melhorar os contornos corporais e remover os pneuzinhos está a lipoaspiração, a queridinha da mulherada, e a lipoescultura.

Embora essas duas cirurgias plásticas pareçam semelhantes, essa coincidência só fica na entonação da palavra.

Tudo porque as diferenças entre a lipoescultura e a lipoaspiração não estão focadas apenas na gordura, mas na forma em que ela é utilizada e para qual finalidade. A lipoaspiração é indicada para ajustar os contornos corporais por meio da retirada de gordura excessiva em determinadas regiões tais como os quadris, as coxas e até mesmo o pescoço. Esse procedimento estético é muito buscado entre aqueles que têm gordura localizada e quer delinear uma área específica, como acontece com o abdome.

Já a lipoescultura chega a ser vista como um complemento da lipoaspiração. Ela não tem como foco a remoção da gordura, mas sim, na aplicação dela em determinadas partes do corpo. Isso quer dizer que esse procedimento realiza o preenchimento de certas regiões, como os quadris, com a gordura para remodelar os contornos corporais para deixá-los mais harmoniosos e dar efeito de aumento.

O pós-operatório dessas duas cirurgias plásticas é muito parecido, como ficar de repouso por 3 dias, usar a cinta de maneira ininterrupta e recorrer às drenagens linfáticas para ajudar na manutenção dos resultados. Para aqueles que se submetem à lipoescultura, a dica é não fazer pressão na área enxertada. Tome muito cuidado na hora de se alimentar também e inclua nas refeições alimentos ricos em proteínas e sais minerais.

É importante estar ciente de que nenhum desses métodos tem como objetivo gerar o emagrecimento, pois eles têm como intuito lhe devolver a harmonia corporal, de maneira que você volte a se sentir à vontade com o que vê diante do espelho. Para tirar todas as dúvidas quanto ao médico apto para a realização dessas cirurgias, consulte o registro do profissional na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).