Desvio de septo nasal: a intervenção cirúrgica

Para aliviar este quadro, algumas pessoas precisam de uma operação para ter a qualidade de vida de volta

Algumas pessoas se sentem incomodadas com relação ao nariz, por ele não ser proporcional aos contornos do rosto. Não adianta apenas tentar disfarçar com maquiagem, no caso das mulheres, pois o impasse influencia na autoestima de uma pessoa, de maneira que compromete as relações sociais, por causar constrangimentos recorrentes por meio de piadas de mau gosto. Além disso, há os casos em que ocorre o desvio de septo nasal, o que traz desconfortos respiratórios, espirros frequentes e congestionamento nasal.

A causa do desvio de septo nasal tem muito a ver com a formação do nariz no período da gestação ou até mesmo com uma lesão, como traumas e contusões que podem ocasionar este quadro. Dentre os principais sintomas estão a dor facial, cefaleia e inclinação a ter rinites e sinusites, que contribuem para que a respiração saia ruidosa, principalmente em crianças. Assim, há a sensação de cansaço e, durante o sono, os roncos são frequentes, pelo fato do desvio de septo nasal fazer com que as pessoas durmam com a boca aberta.

Para os casos em que o desvio de septo nasal não melhora com o uso de medicamentos, o tratamento pedirá uma intervenção cirúrgica. A septoplastia é a indicada e tem como objetivo corrigir a falha no nariz para melhorar a respiração do paciente. Ela é vista como a única solução para este quadro que compromete a saúde do indivíduo. Muitas vezes, pode ocorrer a associação desse método cirúrgico com a rinoplastia, plástica de nariz que tem funcionalidade estética, pois corrige imperfeições na região, como o nariz torto.

Além disso, a rinoplastia restaura a harmonia do rosto. Assim, o paciente, além de voltar a respirar melhor por meio da septoplastia, tem autoestima de volta graças às alterações na região que também trazem o retorno do bem-estar. Em muitos casos, é possível receber alta no mesmo dia. A partir daí, pede-se repouso e os cuidados com a limpeza das narinas de acordo com as indicações do cirurgião, sem contar as consultas rotineiras para administração dos resultados da operação.

Respirar melhor também influencia na qualidade de vida. Por isso, não se esqueça de procurar o cirurgião adequado para a realização de um desses dois procedimentos estéticos que precisam de cautela e atenção para que os resultados sejam extremamente positivos. Por via das dúvidas, consulte a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e, assim que encontrar o médico ideal, não hesite em dialogar para tirar todas as dúvidas.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. Robson Pinheiro da Cruz disse:

    Dr(a) tenho desvio de septo,não consigo respirar direito,tenho cansaço contínuo,fora as dores no s seios da face,não tenho condições de recorrer a intervenção cirurgica,há possibilidade de me indicar um hospital escola especializado,que faça esta cirurgia gratuitamente,sem contar que esteticamente me sinto mal,tenho 37 anos e o quadro parece que piora,me ajude se puder gentilmente Robson

    • Luciana Pepino disse:

      Oi Robson. Infelizmente não conheço nenhum para te indicar. Talvez você consiga alguma informação através da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica ou postos do SUS. Eles são os melhores indicados pra te informar sobre serviços de cirurgia plástica realizadas gratuitamente em hospitais-escola.
      Grande abraço!