Cuidados com a pele no frio

A pele resseca, os lábios racham, de repente aquele viço todo do verão desaparece: é o frio causando seus estragos. Quem pensa que só no calor é preciso tomar cuidados com a pele é uma forte candidata ao envelhecimento precoce, uma das maiores consequências da falta de hidratação. E é justamente no frio que aparece um outro vilão, tão sedutor quanto prejudicial: os longos e deliciosos banhos quentes. Eles colaboram (e muito) para o ressecamento da pele, que logo aparece no aspecto esbranquiçado – é ele que indica o desnaturação das proteínas da pele. O uso de hidratantes é fundamental e não só no rosto, mas em todo o corpo. Eles podem até ser os mesmos usados no verão, mas a hidratação deve ser mais profunda e pode variar de acordo com o tipo de pele.

 

Frio pode trazer verdadeiras ‘armadilhas’ para a pele

Ambientes fechados dão aquela sensação de aconchego, mas a falta de circulação de ar pode trazer vírus e bactérias para a pele que, desidratada, fica mais vulnerável às suas ações nocivas. Por outro lado, a água quente do banho torna a pele mais sensível ao remover a sua oleosidade natural, por isso a hidratação é a principal arma para manter aquele aspecto saudável e jovem da pele. Ela deve ser feita pelo menos uma vez por dia, depois do banho, para quem tem pele normal ou levemente ressecada, mas que a tem muito ressecada deve fazer esse processo entre duas e três vezes por dia. Mas nada de deixar a pele melada nem escorregadia, porque a oleosidade em excesso também é prejudicial.

 

Use o hidratante adequado ao seu tipo de pele

Para a pele seca, os hidratantes mais recomendados são à base de óleo de amêndoas, ureia ou aloe vera e os que trazem componentes antioxidantes, como as vitaminas A, C e E. Na hora da compra dê uma olhada nos princípios ativos descritos na embalagem. Quem tem pele oleosa também deve hidrata-la, mas com hidratantes oil-free, aqueles em forma de gel que protegem do frio e evitam o aparecimento de espinhas e cravos. Toda a pele do rosto e do corpo deve ficar hidratada, mas não esqueça dos lábios, eles também merecem cuidados especiais. Há umectantes próprios para eles, assim como batons hidratantes que protegem essa parte tão delicada do rosto.

 

Beber água e usar protetor solar são itens indispensáveis

Não esqueça, no entanto, que toda hidratação deve acontecer de dentro para fora, por isso beba pelo menos dois litros de água por dia. Apesar de a sede ser menor no inverno, essa quantidade de água é a necessária para que o organismo fique devidamente hidratado, melhorando o aspecto da pele. Da mesma forma, o uso de protetores solares não deve ficar restrito ao verão, mesmo quando o tempo está nublado. Se preferir, procure no mercado produtos que combinam as duas funções, hidratante e protetor solar – também nos lábios, para evitar que rachem e abram feridas. Por fim, fique de olho: nessa época a baixa umidade aliada ao frio e ao vento costuma provocar irritações e algumas doenças, como dermatite atópica ou seborreica. Se caso, não hesite e consulte um dermatologista antes de passar qualquer produto.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).