(11) 3285-6412Segunda a Sexta-Feira das 10h às 19h
Clínica Especializada em Cirurgias Plásticas
  • A Clínica
  • Cirurgias
  • Procedimentos
  • Informações
  • Dicas
  • Contato
  • Blog
Agendar Consulta
retornar
saiba as consequências que crianças sofrem por não ter ao menos uma refeição ao dia

6,5 milhões de crianças brasileiras vivem em lares sem comida

Levantamento do IBGE aponta que metade das crianças de até 5 anos estão nessa situação

Fazer três refeições é um privilégio no Brasil, onde quase 20 milhões de pessoas passam fome. Um dado ainda mais chocante é que ao menos 6,5 milhões de crianças brasileiras vivem em lares onde ou não há comida ou ela é escassa.

O levantamento foi feito pelo IBGE em 2017 e 2018 e divulgado no ano passado. No período da pesquisa, 5,1% das crianças com menos de 5 anos e 7,3% das pessoas com idade entre 5 e 17 anos viviam em domicílios com insegurança alimentar grave (onde a privação de alimento é severa, passando mais de 24 horas sem comer).

Ainda segundo a pesquisa, eram ao menos 10,3 milhões de pessoas passando por insegurança alimentar grave. Dos 68,9 milhões de domicílios do País, 36,7% estavam com algum nível de insegurança alimentar (leve, moderado e grave), atingindo, ao todo, 84,9 milhões de pessoas.

11 morrem de fome por minuto no mundo

crianças passando fome

Segundo estimativa da organização humanitária internacional Oxfam, 11 pessoas morrem de fome por minuto no mundo: a cifra é maior do que as mortes por Covid-19, que é de 7 pessoas por minuto.

Até o fim de 2021, a entidade calcula que cerca de  12 mil pessoas poderão morrer, diariamente, de fome associada à pandemia.

Viralize o Bem!

Você pode ajudar a mudar essa realidade de fome e miséria no Brasil. Você pode alimentar crianças, famílias, seres humanos que precisam desse cuidado.

Participe do movimento Viralize o Bem, da ONG Olhar de Bia. A meta é arrecadar 5 mil cestas básicas até o dia 31 de dezembro. Todo esse alimento vai trazer alento e salvar 100.000 pessoas da fome e da miséria.

Doe! Colabore! Participe!

Não é só comida na mesa. É esperança. É mudança! É ato de solidariedade!

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.


Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Agende sua consulta

Deixe o seu comentário


    Leia Também

    Carregando...

    Assine nossa newsletter

    Assine e receba dicas, novidades, materiais e muito mais.

    whatsapp

    Cirurgias

    Procedimentos

    Links Úteis

    Telefones de Contato

    Políticas de Privacidade

    Dra. Luciana L. Pepino. Diretora Técnica Médica

    CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

    logo

    2022. Dra. Luciana Pepino

    Todos os direitos reservados.