Creme anti-idade: saiba os passos para migrar à pele de bebê

A imagem mostra uma mão feminina em destaque, segurando um pequeno pote de creme, com o dedo indicador dentro do pote

Ter um estilo de vida saudável, usar os produtos certos para a sua faixa etária e recorrer aos tratamentos estéticos quando necessário é a chave para manter sua pele jovem e bonita.

 

A passagem do tempo e as mudanças trazidas por ele em nossa aparência são inevitáveis, mas isso não quer dizer que uma pele madura não possa ser bonita e saudável. Para isso, é preciso adotar alguns cuidados, como o uso de um bom creme anti-idade.

O envelhecimento é um processo natural, mas ele sofre influência do nosso estilo de vida. Dessa forma, os cuidados começam pela adoção de bons hábitos, como ficar longe do cigarro, ter uma alimentação saudável, beber muita água e dormir bem.

Simultaneamente, é necessário fazer uso de produtos tópicos específicos para combater os sinais da passagem do tempo e recorrer a alguns tratamentos estéticos. Confira nossas dicas para conquistar uma pele de bebê!

Creme anti-idade: conheça os ativos mais indicado para cada faixa etária

Para manter a beleza e a saúde da sua pele mesmo que ela se modifique com o passar dos anos, é necessário ter uma rotina de uso de produtos com funções específicas. Conheça os ativos mais indicados em cada fase da vida:

 

A imagem mostra uma mulher loira, de perfil, com uma toalha enrolada no corpo. Sua mão esquerda está tocando seu rosto.

– Até os 30 anos

Desde a adolescência, é essencial fazer a higienização da pele todos os dias conforme suas características e, se necessário, recorrer a um tratamento para acne para evitar a formação de manchas permanentes.

Além disso, deve haver o uso diário de protetor solar com FPS 30 ou superior, pois o acúmulo dos danos causados pela exposição desprotegida vai fazer toda a diferença mais para frente, influenciando no surgimento de sinais como manchas, rugas e flacidez.

Outro produto muito importante nessa fase é o hidratante facial, que deve ser escolhido conforme o tipo de pele. O creme anti-idade pode ser utilizado partir dos 20 anos; porém, como a pele ainda é bastante jovem, seu foco deve ser a prevenção do envelhecimento.

Um dos principais ativos para essa fase é a vitamina C, uma substância com um grande poder antioxidante que combate os danos causados pelos radicais livres, estimula a síntese de colágeno e tem um leve efeito clareador.

Vale lembrar que não adianta aplicar um creme indicado para idades superiores, pois a pele jovem tem seu próprio funcionamento. Além de não dar resultado, o uso desses produtos quando ainda não há necessidade pode causar irritações e outros prejuízos.

– Dos 30 aos 40 anos

A partir dos 30 anos, entram em cena os cuidados para suavizar os primeiros sinais do envelhecimento, pois a produção de colágeno começa a diminuir gradativamente, favorecendo o surgimento de linhas de expressão e flacidez.

Dessa forma, além de manter o uso diário do protetor solar e do hidratante facial e de fazer a higienização conforme o recomendado para o seu tipo de pele, é necessário incluir um creme anti-idade que promova a produção de colágeno e a regeneração do tecido.

Alguns dos ativos indicados para essa faixa etária são aqueles derivados da vitamina A, como o retinol e o ácido retinoico, que estimulam a síntese de colágeno e a renovação celular, e a hidroquinona, que é mais poderosa do que a vitamina C para tratar manchas no rosto.

A escolha do melhor creme anti-idade deve ser orientada pelo médico, que levará em conta todas as suas necessidades específicas. Em média, esses produtos levam cerca de oito semanas de uso para mostrar seus resultados.

– Dos 40 aos 50 anos

Nessa fase, a pele também começa a sofrer alterações devido às mudanças hormonais, que podem acentuar a perda do colágeno. Em consequência, há a perda do tônus da pele, favorecendo o surgimento da flacidez.

Por isso, é preciso investir ainda mais na estimulação da síntese de colágeno, pois essa proteína é responsável por conferir a firmeza e a estrutura que dão sustentação à pele.

Assim, além do retinol e do ácido retinoico, o creme anti-idade deve conter ativos como os peptídeos, que ajudam a preservar o tônus cutâneo, o alfa-hidroxiácido, que estimula a renovação do tecido.

– Depois dos 50 anos

Com a chegada da menopausa, os efeitos das mudanças hormonais na pele se tornam ainda mais intensos, acentuando sinais do envelhecimento como rugas, sulcos e flacidez. Assim, entram em produtos com componentes hormonais para restabelecer o equilíbrio da pele.

Além disso, o creme anti-idade deve incluir ativos tensores como tensine, raffermine, ácido hialurônico, densiskin, niancinamida e pantenol, que promovem um efeito de lifting temporário.

Tratamentos estéticos para combater o envelhecimento

Embora o uso de um bom creme anti-idade seja fundamental para prevenir e tratar os sinais do envelhecimento, é preciso ter em mente que esses produtos têm ação limitada e devem ser utilizados de forma complementar aos procedimentos estéticos.

Conheça os principais tratamentos para manter a juventude da pele e suas indicações:

  • Peeling químico: aplicação de substâncias ácidas para tratar manchas, cicatrizes, rugas finas, flacidez e poros dilatados;
  • Peeling de cristal: esfoliação promovida por um jato de microcristais para tratar os sinais do envelhecimento e estimular a renovação da pele;
  • Toxina botulínica: tratamento das rugas dinâmicas (pés de galinha, linhas ao redor da boca, rugas horizontais da testa) e arqueamento da sobrancelha;
  • Preenchimento facial e MD Codes: tratamento de sulcos profundos (bigode chinês), reposição do volume perdido dos lábios, maçãs do rosto, queixo etc. e melhora dos contornos faciais pela injeção de ácido hialurônico;
  • Sculptra: injeção de ácido polilático para prevenir a flacidez e melhorar os contornos;
  • Lifting não cirúrgico: lifting com fios de sustentação ou fios de PDO para promover a tração no tecido cutâneo e combater a flacidez;
  • Microagulhamento: aplicação de um rolo contendo microagulhas para fazer pequenas lesões puntiformes na pele, estimulando a produção de colágeno, elastinas e fatores de crescimento.

Quer descobrir a melhor combinação de cremes e procedimentos estéticos para manter sua pele sempre bonita e saudável? Então entre em contato para agendar sua avaliação presencial com a Dra. Luciana Pepino e conquiste a pele com que você sempre sonhou!

 

Agende agora a sua consulta!

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).

Deixe aqui seu comentário

*

  1. Claudia Simone Nogueira disse:

    Muito bom tudo que acabei de ler, obrigado

  2. Maria disse:

    Boa tarde Dra Luciana, gostaria de saber qual é o valor de uma avaliação geral.

    • Dra. Luciana Pepino disse:

      Olá, Maria. Para verificar valores de consulta, por gentileza, entre em contato. Nossas secretárias terão o maior prazer em atendê-la. Aqui você encontra nossos contatos: https://goo.gl/nvCFzz ou ligue para (11) 3284-4216/ 3284-5851
      Beijos!