Como amenizar e disfarçar a vermelhidão causada pelo sol

Veja como amenizar ou disfarçar a vermelhidão causada pelos raios solares.

Quem não gosta de curtir aquele período de férias na praia ou em uma piscina gelada com muito sol e calor? A resposta com certeza é unanime. Depois de ficar o ano todo mergulhado em uma rotina estressante e cheia de horários, é só as férias começarem a se aproximar que a imagem que nos vem à cabeça é a de uma praia paradisíaca, com redes, água de coco e clima de verão. Apesar de isso ser, de fato, uma delícia, é preciso tomar alguns cuidados para não acabar tornando esse momento algo desagradável posteriormente. Isso acontece frequentemente e muita gente precisa interromper os dias de lazer para tratar de problemas na pele causados pela exposição excessiva ao sol. No verão, a temperatura dá um salto e muitas mulheres acabam abusando para conseguir aquelas marquinhas no biquíni e um corpo mais bronzeado. Isso não só pode colocar sua saúde em risco como também deixa a pele do rosto vermelha, causando quase sempre sua descamação posteriormente.

Além disso, ficar muito tempo exposto ao sol pode provocar insolação, com uma série de sintomas, dentre os quais estão a dor de cabeça, falta de ar, tontura e náuseas, diarreia e risco graves de desenvolver um futuro câncer de pele. Se você acabou abusando nesse verão – sem protetor solar – é possível tomar algumas providências para aliviar a queimadura do sol e amenizar essa sensação de incêndio.

1. Diminua a ardência e vermelhidão do rosto
– Pode ocorrer uma ardência que não vai embora nunca ou, em casos mais graves de queimadura, dor intensa. Para amenizar os sintomas, tome uma aspirina ou anti-inflamatório.
– Beba muita água!
– Use água fria ou deixe um pano úmido no congelador por um tempo, umedecendo o rosto em seguida.
– Compre tabletes de vitaminas C e E. Essas vitaminas não são nenhum protetor solar, mas agem como antioxidantes que ajudam a curar os problemas provocados pelo sol.

2. Hora de hidratar a pele
– Use produtos a base de aloe vera no rosto. Basta aplicar o produto ou a própria planta na parte avermelhada da pele. Isso irá ajudar a diminuir a vermelhidão e refrescar a área irritada.
– Aplique iogurte natural nas áreas vermelhas. É só passar o iogurte diretamente em seu rosto e deixar que ele aja por 5 minutos. Após isso, enxague a pele para remover o iogurte.

3. Não piore tudo!
– Evite maquiagens muito pesadas que denotem muito atrito na hora de sua remoção.
– Evite molhar o rosto com água muito quente ou fria demais. O ideal é lavar o rosto com água morna!
– Se surgirem bolhas ou a pele começar a descascar, jamais cutuque!
– Não coloque gelo nas áreas afetadas pelo sol, já que o gelo também provoca queimaduras por ser muito gelado, o que pode agravar a situação.

E agora? Tem como disfarçar a vermelhidão do rosto?

Sim! O certo é esperar até que a pele esteja 100% recuperada, pois, a gente sabe que, quando a pele está irritada, até água incomoda. Contudo, para quem precisa se deslocar e está com uma cabeça de pimenta do reino, saiba que é preciso disfarçar a vermelhidão do rosto com uma maquiagem leve e simples. Como a pele está sensível, o ideal é aplicar um hidratante oil free na pele antes de partir para a maquiagem. Aplique uma camada fina de corretivo – cremoso – na pele. Evite produtos em pó, pois, como a pele está ressecada, é bem provável que a aparência da maquiagem fique trincada. Use os dedos para aplicar o corretivo, dando batidinhas para que a pele não descame ainda mais com o atrito provocado. Aplique pó bronzeador nas áreas onde a pele estiver mais branca para que os tons do rosto fiquem harmonizados. Por usar batons se os lábios estiverem rachados devido ao ressecamento provocado pelo sol.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).