11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Como combater as olheiras

Olheiras são um grande problema estético enfrentado por homens e mulheres de diversas idades. As olheiras são aquelas manchas ao redor dos olhos que incomodam a maioria das pessoas. Veja a seguir as principais dicas sobre como combater as olheiras. 

Primeiramente, é necessário verificar quais são as causas do surgimento das olheiras. Na maioria das vezes, a explicação é simples. Elas surgem por diversas razões. Dentre elas podemos citar: a questão hereditária, o estado de saúde, alergias, fumo e dietas muito rígidas, stress emocional, desgaste físico, exposição ao sol e poucas horas de sono.

Evitar o problema é sempre o mais indicado. Por isso, algumas atitudes simples para prevenir o surgimento das olheiras são recomendáveis. Por exemplo: dormir oito horas por dia, beber cerca de dois a três litros de água diariamente, evitar passar muito tempo em frente ao computador, ao sair de casa pela manhã usar sempre óculos de sol, utilizar cremes hidratantes para o rosto, sempre lavar o rosto com água gelada.

Entretanto, para quem já possui olheiras, é imprescindível adotar as ações de prevenção, para evitar o aumento. Além disso, é necessário que haja um tratamento específico para curar as olheiras.

Dentre os métodos mais eficazes para combater as olheiras estão os meios naturais, ou seja, utilizar produtos naturais para auxiliar o tratamento. Uma ótima dica é fazer compressas frias de chá de camomila ou chá verdade. A camomila é ideal, pois tem efeito anti-inflamatório. O método para aplicação é simples: basta colocar a compressa nos olhos durante 20 minutos, caso prefira, os saquinhos do chá também podem ser colocados nos olhos.
Outro método eficaz é utilizar uma papinha de mamão com leite. O processo é simples, bata 100ml de leite com meio mamão, ao formar a papinha aplique sobre a região dos olhos durante 20 minutos.

Em casos mais graves, é necessário o auxílio de um dermatologista. Para esses casos, há tratamentos médicos como o peeling, a drenagem linfática e o tratamento a laser.

É importante ressaltar que, todo o tratamento, independente do nível, é recomendável entrar em contato com um profissional, para que ele faça uma avaliação minuciosa e receite o melhor tratamento. Não fazer isso pode causar sérias lesões no rosto, desde o aparecimento de manchas ainda maiores e mais escuras, até cicatrizes, que serão retiradas apenas com cirurgia plástica. Portanto, antes de iniciar qualquer tratamento dermatológico, procure um especialista.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. taiana disse:

    Gostaria de agendar avaliação para fazer uma ninfoplastia reparadora.

    • Luciana Pepino disse:

      Olá Taina!
      Em http://goo.gl/fwys7x estão nossos telefones. Que tal entrar em contato com minhas secretárias? Elas podem esclarecer da melhor maneira questões referentes á minha agenda, avaliações, etc.
      Abraços!