Menu

Coisas que podem estar causando caspa

Veja quais podem ser as possíveis causas de sua caspa.

Olhar-se no espelho e ver seu cabelo cheio de pontinhos brancos é desagradável e é também um sinal de que seus cabelos estão pedindo por ajuda. Apesar de ser feia e malcheirosa, a caspa não é causada pelo mito da “falta de higiene”, sendo na verdade causa de uma série de fatores hormonais, estresse e mudanças muito bruscas de clima, entre outros fatores que vamos abordar nesse artigo.

Quem tem caspa?

Muita gente pensa que a caspa é apenas coisa de homem. Isso é mito. A cada ano, o número de mulheres com caspa aumenta e hoje a caspa está presente na cabeça de mais de 30% da população brasileira. Através de uma pesquisa feita pela Unilever, cerca de 40% dos homens declarou sofrer deste problema, pelo menos, uma vez ao ano. O número de mulheres foi de 39%, o que configura empate técnico, ou seja, que a caspa afeta os sexos na mesma proporção. O fato é que a caspa não escolhe em que tipo de cabelo irá surgir, podendo estar presente em cabelos secos, mas também marcando presença nos oleosos.

Como funciona o processo?

Nosso couro cabeludo é basicamente formado por pele, que sofre descamação por conta da perda de células mortes e da chegada das células vivas. Aquela descamação mais fina é natural e considerada normal pelo processo de reciclagem do corpo, mas, no caso da caspa, uma pessoa chega a perder pedaços de pele. Isso é resultado de uma inflamação que leva o nome técnico de dermatite seborreica.

O que causa a caspa?

A caspa pode aparecer por vários motivos. O clima seco dos períodos de mais frio geralmente ajudar a promover o ressecamento do cabelo e, se o couro cabeludo não for tratado, elas podem aparecer. O estresse também é outro fator que contribui para o aparecimento da caspa, uma vez que o estímulo nervoso ajuda as células a se dividirem de forma mais acelerada. No caso das mulheres, a descamação pode acontecer devido a alterações nas glândulas suprarrenais, na tireoide e nos hormônios sexuais.

Lavar o cabelo com água muito quente e usar alisador ou secador com muita frequência também pode causar caspa, bem como o abuso de química no couro cabeludo, como tingimentos. A alimentação também está diretamente ligada com a saúde do couro cabeludo e, portanto, adquirir hábitos mais saudáveis não irá melhorar somente o problema da caspa, mas ajudar em muitos outros problemas como o colesterol alto e o excesso de peso, por exemplo. Inclua frutas e alimentos ricos em nutrientes, evitando gorduras animais e açúcares em excesso. Uma boa alimentação ajuda no tratamento da caspa, uma vez que elas também estão ligadas aos nossos distúrbios digestivos e à própria condição de desnutrição.

Um dos problemas que a caspa traz e que acelera a piora em sua condição é o fato delas atraírem fungos, que se acumulam no couro cabeludo e ajudam a agravar a irritação na região afetada. Em situações mais extremas, elas podem surgir também nas sobrancelhas, nas axilas, no rosto e entre os seios.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).