11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Tratamentos estéticos da face para pessoas na faixa dos 30 anos.

Qual a idade mínima para fazer botox ou preenchimento? Veja as indicações, benefícios e os principais tratamentos para pessoas com 30 anos.

A ação do tempo chega para todos. A pele lisinha e com aspecto de pêssego da área do rosto vai sofrendo transformações ao longo dos anos. As células passam a produzir menos colágeno e sua regeneração passa a ficar lenta.

As atividades dos músculos ligados ao movimento da face e fatores externos como a genética, exposição ao sol e tabagismo culminam no envelhecimento e flacidez cutânea. O resultado é o aparecimento de linhas de expressão, como os pés de galinha, bigode chinês, rugas, papadas, pele flácida, lábios e olhar murchos, entre outras “novidades” que vão surgindo.

Não existe uma idade certa para o aparecimento dessas marcas. O organismo de cada um reage de maneira diferente à essas ações, por isso não se pode precisar a idade em que as marcas de expressão começam a aparecer. Sabe-se que por volta dos 20 anos de idade essas linhas começam a surgir, agravando-se com o passar o tempo. Mas é por volta dos 30 anos que as pessoas passam a se preocupar mais com essas marcas. Pelo menos, deveriam.

 

Os cuidados começam cedo

Para evitar o envelhecimento e flacidez precoce da pele, é recomendado utilizar hidratante facial, filtro solar todos os dias, higienização, ingerir bastante água para manter a pele hidratada, não fumar, utilizar produtos para remover maquiagem e ingerir legumes, verduras e frutas. Inclusive, a ingestão diária de vitamina C tem grande ação antioxidante e estimula a produção de colágeno.

Até os 30 anos de idade, uma das grandes preocupações é com as manchas, que podem ser provocadas por fatores como o sol e gravidez. Existem produtos cosméticos específicos para combater essas manchas e um dermatologista deve ser consultado para indicar o melhor produto para cada caso.

Por falta de informação, pessoas preocupadas com o envelhecimento da pele acabam utilizando produtos para faixa etária mais avançada que a sua, acreditando que o efeito será melhor. Mas, cremes anti-idade utilizados de maneira errada podem causar irritações, acnes e manchas.

Tratamento estético facial: quando começar?

Muitas pessoas que chegam ao consultório questionam sobre a idade de se começar a realizar tratamentos como o botox e preenchimento. Apesar de serem pouco invasivos, esses tratamentos requerem cuidados e a real necessidade de serem aplicados, até para garantir a eficácia do procedimento.

Mais do que uma idade ideal, deve-se pensar se esses tratamentos são as melhores indicações para cada caso. Pessoas com tendência genética a desenvolver rugas podem utilizar o botox aos 25 anos para relaxar os músculos como prevenção para maiores danos no futuro, por exemplo. Sendo assim, é importante contar com o bom senso e conversar com um profissional.

Os procedimentos estéticos faciais utilizados por jovens nesta faixa de idade são o botox e o preenchimento facial. Muitos confundem esses procedimentos e apesar de ambos serem injetáveis, são substâncias diferentes e têm indicações distintas.

Veja abaixo as especificidades e indicações destes procedimentos.

 

Botox: agindo na prevenção de rugas

O botox, também conhecido como toxina botulínica, age paralisando o músculo. Essa paralisia impede que o músculo se contraia, evitando o enrugamento da pele. Para rugas profundas, a toxina age suavizando os vincos.

O botox pode ser aplicado nas rugas entre as sobrancelhas (glabela), nos pés de galinha, ao redor da boca e demais rugas que se formam na região do pescoço, queixo e colo. Algumas mulheres utilizam a toxina para arquear as sobrancelhas e diminuir a pálpebra superior, resultando em um rosto mais jovial.

 

Preenchimento: combate a flacidez do rosto

Já o preenchimento é realizado com ácido hialurônico. Após injetado na pele, ele repõe o volume em determinadas áreas na pele, combatendo a flacidez. Sua aplicação é realizada em regiões como dorso do nariz, maçãs do rosto, mandíbulas e têmporas para aumentar o tônus. É utilizado ainda para dar volume a lábios muito finos e abaixo dos olhos para suavizar olheiras profundas.

O preenchimento também pode ser utilizado em rugas ao redor da boca, assim como o botox e um profissional é quem deve avaliar a necessidade do uso para cada caso.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).