Cirurgia plástica no nariz: descubra tudo sobre resseção de asas nasais

Você se incomoda com a largura das suas narinas? Pois saiba que existe um procedimento capaz de resolver esse problema de maneira simples e recuperação rápida!

A cirurgia plástica no nariz está entre os procedimentos mais pedidos nos consultórios, seja para diminuir o tamanho, corrigir a assimetria ou nivelar o ossinho proeminente. Outro pedido comum nessa lista é a redução do tamanho das narinas, também chamadas de asas nasais.

Quando as narinas são muito abertas, elas podem dar a sensação de desarmonia em relação aos demais traços da face. Em função disso, a pessoa se sente insegura na vida pessoal, social e até mesmo profissional, pois o nariz é um órgão central do rosto e está sempre à mostra.

Se esse é o seu caso, saiba que a resseção de asas nasais oferece uma solução rápida e de excelentes resultados para a correção dessa característica. Vale a pena saber mais sobre esse procedimento!

Narinas muito grandes ou muito abertas: da onde vem esse traço?

Asas nasais com uma abertura mais pronunciada são características do nariz conhecido popularmente como “nariz de batata”. Por ter um perfil mais baixo e pouco projetado, esse nariz passa a impressão de ser achatado, ficando mais largo devido à abertura das narinas.

Esse é um traço mais frequente em pessoas de origem africana ou oriental, e tanto o formato do nariz quanto das asas nasais são completamente normais e funcionais. Dessa forma, não podemos dizer que se trata de uma “imperfeição”.

cirurgia plástica no nariz


Contudo, algumas pessoas não se identificam com essa característica, especialmente quando há uma desarmonia entre as proporções do nariz e as proporções do restante do rosto – e isso pode trazer muita insegurança.

No caso do nariz negroide, existe ainda uma tendência de que a pele dessa região seja um pouco mais grossa, o que acaba acentuando a desproporção em alguns casos.

Dessa forma, quando a pessoa deseja, é possível fazer uma cirurgia plástica no nariz para modificar especificamente o tamanho das narinas fazendo uma resseção das asas nasais ou, então, incluir esse procedimento em uma rinoplastia tradicional.

Resseção de asas nasais: conhecendo esse procedimento

Enquanto a rinoplastia clássica é uma cirurgia plástica mais complexa e com um tempo de recuperação mais longo, a resseção de asas nasais é um procedimento bem mais simples e rápido. Saiba mais sobre os diferentes tipos de rinoplastia.

Por desconhecer essa diferença entre as técnicas, muitas pessoas imaginam que a diminuição das narinas teria todos os inconvenientes da rinoplastia, como os olhos roxos e um grande inchaço no pós-operatório.

Como resultado, essas pessoas passam anos convivendo com uma insatisfação estética que poderia ser facilmente corrigida por meio de uma técnica mais simples e mais acessível que uma rinoplastia completa.

Confira mais detalhes – Tipos de rinoplastia: qual é a mais adequada para o seu formato de nariz.

Como é a cirurgia plástica no nariz para diminuir as narinas

Quando é feita isoladamente, a resseção das asas nasais leva de 30 a 45 minutos e pode ser realizada apenas com a anestesia local, permitindo que o procedimento aconteça na clínica do cirurgião plástico.

Porém, caso o paciente e o médico optem pela sedação venosa, para que a pessoa durma durante o procedimento e não sinta nenhum tipo de nervosismo ou aflição ao saber que seu nariz está sendo manipulado, essa cirurgia deverá ser feita em ambiente hospitalar.

Com a pele já anestesiada, a técnica consiste em fazer a resseção das asas propriamente dita, ou seja, remove-se um fragmento da pele das laterais das narinas, de modo a reduzir sua abertura por retirar o excesso de tecido.

Em seguida, o cirurgião fará o reposicionamento dos tecidos, de modo que as cicatrizes que vão se formar sejam bastante discretas, pois elas ficam na parte de baixo do nariz.

A quantidade de pele a ser removida é calculada conforme os demais traços faciais do paciente, com auxílio de um compasso para garantir a simetria. Assim, as narinas ficam com uma largura mais harmônica em relação ao restante do rosto.

É importante ressaltar que esse planejamento é feito considerando também a origem étnica do paciente, de forma a não descaracterizar a identidade da pessoa – um efeito indesejável e que traria uma nova desarmonia às suas feições.

cirurgia plástica no nariz

Ainda tem dúvidas? – Guia rápido de rinoplastia: tudo o que você precisa saber!

Como é a recuperação desse procedimento

Por ser bastante simples, essa cirurgia plástica no nariz tem um pós-operatório bem mais tranquilo do que o da rinoplastia, já que não envolve fraturas ósseas e enxertos de cartilagem.

Em geral, o paciente recebe alta pouco tempo depois do procedimento e pode voltar às suas atividades laborais no dia seguinte. Contudo, pode ser necessário suspender as atividades físicas por alguns dias para garantir uma boa cicatrização da região.

É normal que o paciente apresente certo inchaço e vermelhidão na região operada, mas em grau menor do que na rinoplastia clássica. Além disso, na resseção de asas nasais isolada não costuma haver a formação dos grandes hematomas na região dos olhos.

Para aliviar o edema, o médico poderá indicar que o paciente faça compressas geladas e durma com a cabeça um pouco elevada em relação ao corpo por alguns dias. É importante evitar a exposição solar até a cicatrização completa.

Caso a diminuição da largura das narinas seja feita em associação com a rinoplastia, a recuperação será mais longa e precisará de cuidados específicos de uma cirurgia plástica mais complexa.

Ficou interessada nesse procedimento? Então entre em contato com a clínica da Dra. Luciana Pepino para agendar sua avaliação presencial e saber mais sobre a resseção de asas nasais e outras técnicas para se sentir ainda mais linda e confiante!

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
WhatsApp Clique aqui e fale conosco via WhatsApp