Menu

Os Benefícios do Leite

Você conhece todos os benefícios que o leite pode trazer à sua vida? Aposte nesse alimento completo e viva muito melhor!

Dizem que o ser humano é o único mamífero que continua se alimentando de leite na fase adulta e o assunto chega a ser polêmico. Será que precisamos mesmo de leite depois do desmame? Apesar de ser essencial aos primeiros meses de vida, a verdade é que na fase adulta há muito menos produção de lactase, a enzima que nos ajuda a digerir o açúcar do leite, o que não só dificulta a sua digestão como impede o aproveitamento total das suas proteínas. Por outro lado, no entanto, o leite continua trazendo muitos benefícios à saúde porque é uma grande fonte de nutrientes, não só de proteína animal, mas também de cálcio, mineral fundamental à formação óssea e que se torna uma poderosa arma contra a osteoporose ao longo dos anos. Além disso, o leite tem ainda várias aplicações estéticas para os cabelos e a pele, propriedades conhecidas desde a Antiguidade.

O leite é considerado a maior fonte natural de cálcio que existe, e tanto no integral quanto no desnatado, a quantidade de cálcio é a mesma, a única coisa que difere é a quantidade de gordura e de vitaminas A e D, maiores no leite integral. O mineral é um aliado poderoso na prevenção de alguns tipos de câncer, perda óssea e artrite, mas também contra Síndrome Pré-Menstrual (TPM), enxaquecas e até a obesidade infantil. Ele é importante, também para a redução de doenças cardiovasculares, reduzindo o risco de acidentes vasculares cerebrais (AVCs). A saúde bucal também sai ganhando com a ingestão de leite, principalmente nas crianças, que além de dentes mais saudáveis protegendo o esmalte contra substâncias ácidas, também reduz a vontade de beber refrigerantes.

O produto, no entanto, fornece ainda muitos outros nutrientes importantes, como as vitaminas A, B12 e D, fósforo, selênio, zinco, proteínas, magnésio, hidratos de carbono e riboflavina, que se revertem em benefícios para áreas diversas do corpo. O alto teor de magnésio e potássio, por exemplo, transformam o leite em um ótimo vasodilatador ajudando a reduzir a pressão sanguínea, reduzindo o estresse no sistema cardiovascular e no coração. Por outro lado, os peptídeos do leite ajudam a inibir a produção da enzima conversora da angiotensina, a ACE, que aumenta a pressão sanguínea. Ponto para os benefícios do coração mais uma vez. Todos os nutrientes do leite podem, sim, ser encontrados também em outros alimentos, é verdade, inclusive em seus derivados, mas ele é realmente um dos alimentos mais completos que existem e essencial em uma dieta balanceada. Outro lado positivo do consumo diário de leite é que ele reduz a acidez geral do corpo, proporcionando grande alívio, principalmente quando ingerido frio.

As aplicações na beleza são conhecidas desde a Antiguidade e largamente divulgadas graças aos hábitos de Cleópatra, a rainha egípcia, de tomar banho de leite e mel. Segundo a História, a prática fazia com que ela tivesse os cabelos sedosos e uma pele especialmente macia e bonita, capaz de derrubar imperadores. Hoje, basicamente, há quatro tipos de leite no mercado: o de vaca (tipos A, com mais teor de gordura e menos proteína do que o B, e o C, com 3% de gordura e mais usado para a produção de derivados), o de vaca funcional (enriquecidos com ômega 3, sais minerais e vitaminas e com baixo teor de lactose), o de cabra (de digestão mais fácil em relação ao de vaca e com a mesma quantidade de calorias) e o de soja (sem colesterol nem lactose, mas com a mesma quantidade de proteínas – só que como são vegetais e não animais, não deve ser usado em substituição ao de vaca). Por isso esqueça a polêmica e coloque o leite na sua dieta diária, seu corpo se sentirá muito melhor.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).