Os benefícios do goji berry

Considerado um superalimento, as qualidades do goji berry superam o valor nutricional

Emagrecer com saúde e de forma relativamente rápida é o sonho da maioria da população do planeta, e a cada novidade, olhos ansiosos buscam notícias e indícios de que finalmente vão encontrar a felicidade. Receita milagrosa não existe, é claro, mas o “esforço” da alimentação balanceada e dos exercícios físicos regulares de vez em quando encontram aliados poderosos, como o goji berry. O fruto é uma das principais descobertas da atualidade e traz tantos benefícios que fica até difícil acreditar que ele seja isso tudo – mas é. Vindo lá do Tibet, o fruto da planta Lycium barbarum é rico em aminoácidos, minerais, ácidos graxos insaturados, antioxidantes, vitaminas e polissacarídeos. Ele também é encontrado em regiões do sul da Europa, na China e na Mongólia, e, apesar de ser calórico (uma colher tem 50 calorias), aliado a dietas ele reduz celulites, previne doenças cardiovasculares e ainda tem ação anticancerígena. Ou seja, é tudo de bom.

Fruto é rico em vitaminas do complexo B

Parece muito, mas ainda tem mais. Em apenas 100g o goji berry tem 50 vezes mais vitamina C do que uma laranja – e ela ajuda a emagrecer, evita o envelhecimento precoce da pele, dá mais resistência aos ossos, melhora a imunidade, previne gripes, resfriados e derrames, aumenta a absorção de ferro, tem ação antioxidante e ainda melhora o humor. Só que o goji berry também é rico em vitaminas do complexo B, principalmente a B1 (que ajuda no funcionamento do sistema muscular, nervoso e cardíaco e ainda colabora no processamento metabólico da glicose. A vitamina B2, por sua vez, é especialmente eficaz contra doenças cardiovasculares e tumores, enquanto a B6 ajuda a metabolizar proteínas, lipídeos e carboidratos e ainda é a principal produtora de serotonina, epinefrina e vários outros neurotransmissores.

Pele e visão também são beneficiadas

O fruto guarda ainda o título de maior fonte conhecida de carotenoides, uma substância super importante para a visão e a pele, tanto que pesquisadores da Universidade de Sidney dizem que o fruto sugere que ele possa ser uma proteção adicional aos raios ultravioletas. São 19 aminoácidos, 21 minerais, beta-sisterol (anti-inflamatório), cyoerone (fito-nutriente para o coração) e betaína (essencial para o bom funcionamento do fígado), dentre muitas outras substâncias muito benéficas para a saúde. Considerado um superalimento, o goji berry tem propriedades que superam o valor nutricional e, como tem potente ação estimulante, ele incentiva a prática de esportes e atividades físicas saudáveis, colaborando com o emagrecimento.

Veja como encontrar e como consumir

Agora que você já teve uma apresentação das propriedades desse frutinho vermelho que dá em arbustos tibetanos, deve estar se perguntando como ele é encontrado e, o principal, como deve ser consumido. Você pode até encontrar in natura, mas o mais fácil mesmo é encontrá-lo desidratado em lojas de produtos naturais – não há perda dos nutrientes, tem poucas calorias e é de fácil consumo, podendo ser misturado a sucos e iogurtes, por exemplo – em forma de suplementos, como cápsulas ou em pó em farmácias de manipulação. O ideal é tomar 150 ml de suco ou duas colheres de sopa por dia da fruta, de preferência pela manhã ou antes de ir para a academia. Mas lembre-se que sozinho ele não faz milagre: associe-o a uma dieta balanceada e a exercícios regulares.

 

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).