11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Benefícios do kickboxing

Já ouviu falar sobre o kickboxing? Conheça seus principais benefícios.

Muito se ouve falar sobre o Kickboxing, mas a verdade é que pouca gente sabe o que esse esporte significa na prática. O Kickboxing está longe de ser um esporte novo! Ele é praticado há séculos e tem uma história de mais de 2 mil anos, principalmente na Ásia. Ganhou esse nome em 1950 por um organizador de boxe do Japão e é uma espécie de mistura do karatê com o boxe. Antes, era encontrado em maior número na Ásia e nos Estados Unidos. Hoje, no entanto, não é difícil encontrar academias brasileiras que ofereçam aulas dessa modalidade. O grande barato do Kickboxing é que, além de colocar corpo e mente para trabalhar e trazer técnicas de defesa pessoal, esse esporte ajuda a gastar calorias.

Principais benefícios do Kickboxing:

Ensina técnicas de defesa pessoal

As mulheres que se dedicam à pratica do Kickboxing aprendem a dar socos, chutes e outros movimentos de luta que podem ser usados como defesa pessoal no dia a dia. Obviamente que ninguém vai sair batendo em quem vê pelas ruas, mas isso pode auxiliar em casos de urgência que exijam força física.

Alivia o estresse

Sim. Gastar a energia – e as calorias! – dando socos e chutes por cerca de uma hora pode ser algo libertador e jogar a frustração para bem longe. Assim como ocorre com outros exercícios, o kickboxing também atua na liberação de endorfina, o neurotransmissor que traz prazer e bem-estar.

Flexibilidade e tonificação muscular

Esses são dois ganhos indiscutíveis da prática desse esporte. O ato de dar chutes e pancadas durante as aulas ajuda a tonificar toda a parte superior e inferior do corpo. A flexibilidade é algo importante para a prática do esporte e, portanto, será trabalhada paralelamente.

Melhora a circulação

Assim como qualquer exercício de impacto mais intenso, tais como corrida, caminhada acelerada, pular cordas ou nadar, o kickboxing pode ser uma boa pedida para quem quer propiciar mais saúde ao coração. Ele altera a frequência cardíaca e ajuda o sangue a circular melhor, acelerando o metabolismo.

Coordenação e resistência

Por exigir diversos movimentos do corpo, a praticante de Kickboxing precisa aprender a criar e desenvolver sua coordenação gradualmente, até conseguir fazer os movimentos da melhor forma. Nesse processo, os músculos do corpo serão trabalhados e seu corpo ganhará força e equilíbrio.

Autoconfiança

O número de mulheres que aumentam seu grau de confiança e autoestima no Kickboxing é grande. Ao praticar esse exercício você vai melhorar seu condicionamento físico em geral e é provável que se sinta bem melhor consigo mesma. Aprender algo novo é sempre gratificante e à medida que os exercícios avançam você vai aprender a dominar seus movimentos e administrar melhor suas emoções.

Kickboxing emagrece – verdade ou mito?

Quem quer perder peso já deve saber que só pelo fato de colocar o corpo para mover-se pode perder peso naturalmente. Porém, será que o Kickboxing tem um efeito relevante nesse sentido? Bom, se nós pensarmos no gasto calórico que o exercício promove, obviamente que sim. Uma aula de no máximo 1h30, por exemplo, pode ajudar a queimar entre 500 e 800 calorias. O ideal é que as aulas sejam realizadas até quatro vezes por semana para que o gasto calórico seja de mais ou menos 3000 calorias semanais. Ou seja, o emagrecimento é um dos benefícios do Kickboxing, mesmo não sendo o objetivo principal.

O emagrecimento também ocorre porque os treinos estimulam o ganho de massa muscular e, quanto mais músculos temos, mais calorias queimamos. A alimentação precisa estar à frente de qualquer questão. Fazer Kickboxing sem se alimentar direito com o intuito de perder peso em dobro só trará malefícios e arrependimentos. A combinação de se ter uma dieta balanceada e controlada e treinos semanais será a chave para modelar seu corpo no processo de aprendizado. E aí? Que tal começar a praticar?

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).