11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira das 8h às 21h
Sábados das 10h às 14h

Benefícios do coco

Mais do que só água, o coco é um fruto completo. Veja porque ele é tão benéfico para a saúde e ainda ajuda no processo de emagrecimento!

Estar com a saúde e a aparência em dia é o objetivo de qualquer pessoa, principalmente se ela sabe que ambos os aspectos andam de mãos dadas, assim como verão e água de coco. Além de ser deliciosa e refrescante, ela ajudar a hidratar o organismo e é rica em vitaminas e sais minerais como potássio e magnésio. Boa para pele e para os cabelos, a água de coco também é diurética, ajudando a evitar a retenção de líquidos e reduzindo o inchaço. Bom, mas isso tudo você muito provavelmente já sabia, afinal a água de coco é uma antiga parceira da beleza e da saúde. O que talvez você não saiba é que esse fruto emblemática de praia e dias de sol na verdade é muito mais rica e versátil do que você imagina. Além de todas as suas partes fazerem muito bem à saúde, o coco também mantém várias propriedades quanto transformando em farinha. Conheça toda a versatilidade do coco, o verdadeiro fruto do verão.

Ele é completo: água, polpa, semente – e até a casca pode ser aproveitada para fazer artesanato. Na água, a quantidade de nutrientes vai depender do seu estágio de maturação, quanto mais verde maior a quantidade de vitamina C, quanto mais maduro maior a quantidade de gordura. Potássio, magnésio, sódio, cálcio, zinco, flúor, ferro, fósforo, iodo, selênio, cobre e manganês são alguns dos minerais encontrados, além de vitaminas como a A, a C e as do complexo B (B1, B2 e B5. Só que, ao contrário da água normal, a água de coco pode engordar quando tomada em excesso, já que tem cerca de 400 por um copo de 200 ml. Seu uso regular, no entanto, pode ajudar a prevenir osteoporose problemas cardiovasculares, de retenção de líquidos e até a prevenir alguns tipos de câncer.

Já a polpa é especialmente indicada para atletas e pessoas que têm grande desgaste físico, uma vez que, apesar de ser ainda mais calórica (100g = 370 kcal) que a água, repõe mais rapidamente o potássio, facilmente eliminado pelo suor e que é um dos responsáveis pela contração e relaxamento muscular. Por outro lado, a polpa também ajuda a regular a pressão sanguínea, já que suas gorduras saturadas são uma ótima reserva de energia para o organismo. Ela também é rica em fibras, por isso auxilia no funcionamento do intestino – e, automaticamente, é uma aliada no processo de emagrecimento. E é aí também que entra a farinha de coco, ainda pouco conhecida das pessoas de um modo geral, mas também riquíssima em fibras, saciando e mandando embora várias toxinas. Ela é especialmente interessante nas dietas sem glúten, podendo substituir a farinha de trigo em várias receitas, como as de tortas, bolos e pães.

Energético, remineralizador, antioxidante (já que é rico em zinco e selênio) e hidratante, o coco até parece, mas não é milagroso, ele é apenas rico em substâncias necessárias ao bom funcionamento do seu organismo. Outra forma de consumi-lo é através do óleo de coco, quando ele se converte em uma das maiores fontes de ácidos graxos disponíveis – a outra é o leite materno. Ou seja, ele é o único óleo vegetal com grande concentração de ácido láurico, presente no leite humano e que ajuda a fortalecer o sistema imunológico, protegendo o corpo contra bactérias, fungos e vírus, por exemplo. Ele é rico nos chamados triglicerídios de cadeia média, uma gordura que não se acumula em forma de gordura porque rapidamente se transforma em energia quando chega no fígado, reduzindo o apetite e ajudando a proteger o coração ao aumentar o colesterol bom, HDL, e reduzindo o ruim, LDL. Dê preferência aos óleos de coco virgens ou extra virgens, ou seja, de origem orgânica extraídos a frio. E aproveite todos os benefícios desse fruto tão farto e que é a cara do nosso verão!

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).