11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira das 8h às 21h
Sábados das 10h às 14h

3 tipos de abdominais para você definir a barriga

Está lutando contra a balança? Além de exercícios aeróbicos e de uma dieta balanceada, uma outra maneira eficiente de perder a barriga é através de abdominais. Conheça 3 tipos!

O verão está chegando! Esse é o período ideal para modelar o corpo e arrasar em qualquer ocasião. Quando estamos enfrentando as dificuldades que o sobrepeso causa, ou simplesmente queremos chapar a barriga, é muito comum recorrermos aos métodos mais tradicionais de emagrecimento: dietas alimentares, remédios milagrosos, cirurgias plásticas e exercícios aeróbicos. Porém, a barriga tanquinho só poderá ser alcançada através de exercícios abdominais. Na verdade, o ideal é aliar os exercícios com uma dieta balanceada e atividades aeróbicas regulares para a transformação ser completa, visto que os abdominais em si, a pesar de definirem os músculos, não queimam o excesso de gordura localizada na região da barriga. Porém, eles fortalecem e a tonificam os músculos da região da barriga e para quem está buscando muito mais do que o emagrecimento, esses exercícios são a opção perfeita.

Listamos abaixo 3 tipos de abdominais comprovadamente eficazes, que vão ajudá-la a atingir sua meta. É importante frisar que os abdominais não são a fórmula mágica que vai fazer você perder peso e definir a barriga de um dia para o outro. Pois nada adianta fazer abdominais e não cuidar de sua saúde, não adotando uma dieta balanceada e praticando esportes. Além disso é extremamente importante ficar a tento à frequência dos exercícios abdominais. Eles não devem ser praticados diariamente, sob o risco de sobrecarregar a musculatura, provocando dores e lesões que podem durar de um dia até semanas. Também é necessário alternar os tipos de abdominais, estimulando todos os músculos, para obter todos os benefícios da prática.

Conheça o abdominal tradicional

Esse tipo de abdominal é ideal para iniciantes, pois o movimento é mais fácil e intuitivo. Primeiramente deite-se com as costas no chão. Deixe as pernas flexionadas, joelhos apontando para o teto e pés bem apoiados no chão. Após isso levante a parte superior do corpo com a ajuda dos músculos abdominais, mas sem pressa. Repita o movimento em três séries de 25 flexões de dois em dois dias. Porém, não deixe de escutar os sinais de seu corpo e reduza a quantidade de flexões, se achar necessário, aumentando-a gradativamente.

Conheça o abdominal oblíquo ou perna cruzada

Esse exercício trabalha a parte lateral do abdômen, também chamada de musculatura oblíqua. Inicie o exercício flexionando e cruzando uma perna sobre a outra. Agora apoie a panturrilha de uma das pernas sobre o joelho da outra. Um dos braços deve estar atrás da nuca e outro estendido ao lado do corpo. Se a perna dobrada for a direita o braço estendido deverá ser o esquerdo e vice-versa. Nesta posição, tente encostar o cotovelo do braço flexionado no joelho da perna que está dobrada. Faça esse exercício trinta vezes para cada lado de dois em dois dias.

Conheça o abdominal com a ajuda de um apoio

Este tipo, em especial, é mais intenso do que os anteriores e deve ser repetido com menos frequência. Dez repetições ao dia já são o suficiente. Vamos lá! Você vai precisar de uma cadeira para apoiar as pernas, deixado-as alinhadas com seus joelhos. Com as mão posicionadas na nuca, faça o movimento de elevação e depois retorne a posição inicial. As pernas devem ficar paralelas ao solo e evite mudar de posição. Esse exercício trabalha e fortifica a parte inferior e mediana do abdômen.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).