11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Descubra se as próteses mamárias são a solução em casos de flacidez

sutiãs branco pendurados em cabides

Próteses mamárias podem ser a solução para flacidez, veja como.

Muitas mulheres que sofrem com a flacidez nos seios pensam em recorrer às próteses mamárias para solucionar o problema. A questão é que nem sempre as próteses são indicadas em casos de flacidez. Muito pelo contrário: quando colocamos próteses mamárias em seios flácidos, isso agrava ainda mais o problema. Veja, a seguir, quando as próteses mamárias são indicadas e quais são as melhores soluções nos casos de flacidez.

Flacidez: o que é e por que ela ocorre

O surgimento da flacidez mamária se dá quando a pele e o conteúdo da mama (glândula e gordura) estão em uma relação desproporcional. Isso geralmente ocorre após um quadro de alteração de volume mamário – como variações bruscas do peso corporal, gravidez, amamentação, entre outros.

Quando a causa é relacionada ao ganho ou perda de peso, a mama tem seu volume alterado conforme o nível de gordura corporal. Um processo semelhante ao que ocorre durante a gestação, já que a princípio a pele se estica para acomodar o maior volume das mamas. E durante a amamentação, o volume é alterado por conta do aumento da glândula mamária para a produção do leite.

Em todos estes casos, corre-se o risco da pele sofrer uma espécie de laceamento, por conta do rompimento das fibras elásticas da pele. Esse laceamento, somado ao excesso de pele das mamas, gera uma descompensação entre o volume da mama e a pele. A soma destes fatores – excesso de pele e pouca elasticidade no local – resulta na flacidez e na queda das mamas, também chamada de Ptose Mamária.

Soluções para corrigir a flacidez da mama

A correção da Ptose Mamária é a retirada da pele excedente. Mas é importante observar o quanto isso impacta na redução do tamanho das mamas. A opção para mamas com volume grande ou moderado é adequar o envoltório de pele de acordo com o conteúdo.

Nestes casos, é possível optar entre a Mamoplastia Redutora (para redução do volume) ou a Mastopexia (lifting mamário, que levanta sem alterar o volume). O procedimento retirará o excesso de pele e reduzir a glândula. Neste procedimento, é possível contar com uma série de opções de cicatrizes:

– Apenas ao redor das aréolas (periareolar)

– Ao redor das aréolas e na vertical das mamas

– Em formato de “T” invertido

O fator de definição aqui é o nível de flacidez – quanto menor for, menores serão as cicatrizes. Se for muito alto, a tendência é de contar com cicatrizes maiores.

Neste caso, as próteses mamárias não se aplicam na correção da flacidez.

Quando as próteses mamárias funcionam na correção da flacidez

Apenas a prótese pode ser a solução quando a flacidez é muito leve sem a mudança de posição das aréolas. Chamamos de falsa queda ou pseudoptose, quando ocorre a perda do colo mamário e um pequenos excedente de pele.

Nos outros graus de flacidez, as próteses mamárias auxiliam quando combinadas com a retirada do excesso de pele. É a indicação médica para os casos em que a paciente quer aumentar os seios, mas apresenta uma flacidez maior e queda das aréolas.Nestes casos, o procedimento envolve remoção de pele e chamamos de Mastopexia com prótese de mama.

Todos os procedimentos que envolvem o lifting das mamas (Mastopexia, Mamoplastia de Redução, com ou sem o uso de próteses) podem ser realizados inclusive por mulheres acima do peso. Mas é importante salientar que em casos de perda de peso, há o risco da flacidez surgir novamente. Os riscos são os mesmos no caso de gravidez ou amamentação.

Veja também os principais Mitos e Verdades sobre a prótese mamária. 

ebook
Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. Ana Paula silva disse:

    Ola tudo bem? Tenho 38 anos e ja amamentei duas vezes Meus seios são bem pequenos o sutiã P fica grande em mim…tenho flacidez w muita estria…ja consultei com o cirurgião e estou com a cururgia marcada p dia 15/05/2017…nao quero fazer a maxtopexia e sei que meus seios nao vão ficar em pé mas O Dr me disse que vai ficar bom tmb sem retirar a pele…Gostaria de uma opinião… Obrigada

    • Dra. Luciana Pepino disse:

      Ana,
      Sinceramente só tenho como responder te vendo e avaliando pessoalmente, uma vez que cada caso é um caso e que tem um diagnóstico específico. Se desejar, ligue para nós e agende sua consulta sem compromisso, pois a avaliação do seu caso é essencial, somente assim poderei opinar sobre qual a melhor indicação para você e lhe mostrar alguns resultados de outros pacientes.

      Neste link estão os telefones da clínica, caso queira nos ligar: https://www.lucianapepino.com.br/contato.asp

      Estamos à disposição para ajudá-la da melhor forma.