Menu

Quais são os tipos de preenchimento facial? Quanto tempo eles duram?

mulher olhando para a câmera de jaqueta e lenço sorrindo

Ácido hialurônico, gordura do próprio paciente, bioplastia e muito mais: conheça as diferentes técnicas de preenchimento facial e saiba como elas rejuvenescem o seu rosto.

Com o passar do tempo, a pele sofre uma queda na produção de colágeno, a proteína responsável pela firmeza do tecido. Com isso, o rosto fica mais sujeito a apresentar rugas e flacidez – e é nessa hora que os vários tipos de preenchimento entram em ação.

Por meio de diversas técnicas, hoje a medicina estética é capaz de repor o volume perdido das maçãs do rosto e dos lábios, tratar olheiras e sulcos profundos e estimular a rede de suporte da pele, recuperando seu tônus. Saiba mais sobre esses tratamentos!

Os tipos de preenchimento facial e a duração dos seus efeitos

As técnicas de preenchimento facial oferecem resultados naturais, combatendo o envelhecimento por meio de tratamentos pouco invasivos. Contudo, a maior parte delas tem efeitos temporários, sendo necessário repeti-las depois de algum tempo.

Conheça os diversos tipos de preenchimento facial, suas indicações e a duração média dos resultados oferecidos por eles:

  1. Preenchimento facial

Feito por meio da injeção de ácido hialurônico, este é o mais tradicional entre os preenchimentos. Ele pode ser utilizado para dar mais volume a regiões como maçãs do rosto, queixo, mandíbula e lábios e para nivelar olheiras e sulcos como o bigode chinês.

Além disso, o ácido hialurônico atrai moléculas de água, contribuindo para a hidratação da pele. Como essa substância ocorre naturalmente no organismo, ela é reabsorvida em cerca de 10 a 12 meses, de modo que é necessário repetir o procedimento para manter seus efeitos.

 

mulher de perfil com os olhos fechados e cabelo preso em frente a um fundo rosa
  1. MD Codes

Esta técnica também está entre os tipos de preenchimento que utilizam o ácido hialurônico, mas ela pode ser considerada uma versão mais avançada do preenchimento facial, pois a substância é injetada em locais específicos para corrigir a flacidez.

Para isso, é feito um mapeamento do rosto do paciente, de modo a identificar os pontos que perderam sua sustentação. Assim, obtém-se um efeito de lifting não cirúrgico que dura de 12 a 18 meses.

  1. Fios de Sutura Silhouette

Também conhecida como fios de sustentação e lifting com fios, esta técnica consiste na aplicação de fios fabricados de ácido polilático que contêm pequenos cones ao longo de seu comprimento com o objetivo de tratar a flacidez facial.

Enquanto o ácido polilático estimula a produção de colágeno, os cones fixam a pele ao tecido subcutâneo, promovendo o efeito de tração de lifting. Os fios são absorvíveis pelo organismo em cerca de 18 meses, mas o colágeno produzido permanece.

  1. Lifting com fios de PDO

Outra opção entre os tipos de preenchimento que combatem a flacidez facial, este procedimento estético consiste na inserção de fios feitos de polidioxanona (PDO) para promover um efeito de lifting e estimular a produção de colágeno.

Os fios são absorvidos pelo organismo em torno de 6 a 8 meses depois da sessão, mas a fibrose que surge ao redor deles faz com que os resultados durem cerca de 12 meses. Depois disso, é necessário repetir o procedimento.

  1. Sculptra

O Sculptra é um preenchimento feito com o ácido polilático, que estimula a atividade dos fibroblastos – células responsáveis pela produção do colágeno. Assim, esse procedimento é indicado para prevenir e combater a flacidez e melhorar o contorno facial.

Os resultados são percebidos com mais intensidade dois meses depois da aplicação e duram cerca de dois anos, dependendo do estilo de vida do paciente (alimentação, hábitos saudáveis, outros tratamentos etc.).

  1. Lipoenxertia

Esta técnica consiste em utilizar a gordura do próprio paciente para preencher os sulcos e rugas profundas, promovendo o rejuvenescimento. Para isso, o tecido adiposo é removido por meio de uma lipoaspiração nas regiões em que há um excesso de gordura.

Por se tratar de tecido adiposo autólogo, cerca de 40% a 50% do volume injetado é absorvido pelo organismo. Como essa absorção é lenta, os resultados podem ser avaliados em cerca de três meses, sendo então considerados definitivos.

  1. Bioplastia

A bioplastia é um preenchimento permanente feito com PMMA (polimetilacrilato), um gel composto por micropartículas de acrílico. Essa técnica pode ser usada para corrigir sulcos, aumentar os lábios, o queixo e as maçãs do rosto e modelar o nariz.

Este é um método bastante controverso, pois o PMMA pode causar rejeições. Nesse caso, é praticamente impossível removê-lo do corpo, o que traz graves consequências. Por isso, ele não pode ser utilizado em regiões maiores, como coxas e glúteos.

Além disso, por ter efeito definitivo, é preciso que a aplicação seja feita com muita cautela para evitar resultados exagerados que não poderão ser corrigidos, como o famoso “bico de pato”.

marcações no rosto de uma mulher para preenchimento facial
fonte: pinterest

 

  1. Radiesse

Este tratamento consiste na aplicação de um gel com microesferas de hidroxiapatita de cálcio, uma substância que ocorre naturalmente no organismo, com o objetivo de repor o volume facial perdido e corrigir sulcos profundos.

Esse gel tem função bioestimuladora do colágeno e uma única sessão pode oferecer resultados que permanecem de 18 a 24 meses.

  1. Ellansé

Um dos tipos de preenchimento mais modernos, o Ellansé consiste na aplicação de um gel com microesferas feitas com um polímero bioabsorvível com o objetivo de nivelar rugas e sulcos e de estimular a produção de colágeno.

O Ellansé está disponível em quatro versões com duração de 1, 2, 3 ou 4 anos. Assim, um paciente que vai fazer o procedimento pela primeira vez pode optar pela menor duração, enquanto aqueles que já o conhecem podem preferir a versão mais duradoura.

A escolha pelo melhor tipo de preenchimento depende da queixa apresentada pelo paciente, das condições da sua pele e dos resultados esperados por ele.

Por isso, é fundamental ter a orientação de um cirurgião plástico. Agende sua avaliação com a Dra. Luciana Pepino! Aproveite também para conferir os demais procedimentos estéticos e cirurgias plásticas que a clínica oferece.

  • 63
    Shares

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).