Menu

Joelhos e cotovelos ásperos ? Dicas para hidratar a região

Veja como evitar ou tratar corretamente joelhos e cotovelos ressecados e escurecidos e tenha a pele toda macia do jeito que você sempre quis!

Nada como uma pele macia e bem hidratada, certo? Mas você realmente dá a atenção necessária a todas as partes do corpo? Sim, porque é bastante comum joelhos e cotovelos acabarem sendo esquecidos ou hidratados “de passagem” – e aí acabam ficando ressecados e às vezes até escurecidos, o que não oferece um efeito estético muito agradável. Como a pele dessas regiões é mais espessa, ela tende a ficar mais ressecada, merecendo cuidados especiais. Mas a verdade é que para essas áreas, consideradas menos nobres, não existem produtos específicos, ao contrário do que ocorre com o rosto e outras partes do corpo que contam com uma infinidade de produtos no mercado. A ideia, então, é utilizar receitas caseiras, rápidas, fáceis de fazer e ainda por cima muito eficientes.

Os cotovelos, por exemplo, estão constantemente em contato com superfícies de mesas, balcões e braços de cadeira, por exemplo, por isso acabam desenvolvendo camadas mais grossas de pele. No entanto, sempre que aparecerem, tanto nos cotovelos quanto nos joelhos, marcas mais profundas ou feridas, um dermatologista deve ser consultado, já que pode ser indicação de algum problema mais sério, como uma alergia ou dermatite. Para os demais casos, no entanto, a hidratação diária com os produtos certos costuma dar bons resultados. Uma dica para as receitas caseiras é utilizar apenas produtos fresquinhos e em perfeito estado, fazendo o suficiente para 2 ou 3 aplicações, guardando o restante na geladeira em um pote de vidro bem limpo e fechado para o dia seguinte.

Um dos melhores produtos para hidratar joelhos e cotovelos é o azeite de oliva morno. Escolha um azeite de boa qualidade, de preferência de primeira pressão e extraído a frio, porque dessa forma há uma preservação maior dos ácidos graxos e linoleico. Coloque em uma colher e amorne em uma colher na chama do fogão. Esfregue suavemente com movimentos circulares e deixe agir durante 30 minutos. Depois enxágue normalmente. Essa hidratação deve ser feita e 3 vezes por semana, mas você também pode usar alguns cremes diariamente, de preferência após o banho quando a penetração na pele é favorecida. Apesar de não haver produtos específicos para essas áreas, os cremes com alta concentração de ureia, ácido salicílico ou lactato de amônia costumam dar bons resultados. Os hidratantes comuns só funcionam se a pele estiver absolutamente normal.

Por outro lado, quando a pele está muito grossa é possível usar alguns esfoliantes, mas esta é uma medida que é melhor ser evitada, já que a pele pode acabar ficando mais grossa para resistir à esfoliação, que não deixa de ser um traumatismo. Já o tratamento para joelhos e cotovelos escurecidos geralmente é mais complicado, uma vez que pode envolver fatores genéticos e inflamatórios. Há tratamentos à base de clareadores cosméticos e, dependendo da intensidade, até medicamentos que têm o efeito de clarear a pele quando há hiperpigmentação. Os casos mais resistentes podem ser tratados através de peeling – que deve ser feito apenas por profissional qualificado, claro. De qualquer forma, tenha em mente que a hidratação diária é a melhor forma de suavizar a pele evitar ressecamentos futuros. Assim você terá o corpo inteiro lisinho e macio como toda mulher merece.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).