Escolha a Argila ideal para a sua pele

Descubra os diferentes tipos de argila e seus principais benefícios!

Os tratamentos faciais nunca estiveram tão em alta. Atualmente, eles estão entre os tratamentos de beleza mais procurados não só pelas mulheres, mais também por muitos homens. Entre as centenas de tipos de máscaras disponíveis no mercado, as máscaras a base de argila ganharam grande notoriedade. Para quem ainda não sabe, a argila está entre as mais destacadas quando falamos de tratamento de beleza, justamente por ser um material natural, além de ser extremamente eficiente para cuidar da saúde de nossa pele. A argila é mundialmente utilizada não só para fatores estéticos, mas também terapêuticos, ajudando a prevenir os avanços da idade, melhorar a vitalidade da pele, suavizar os poros, acalmar inflamações, higienizar, esfoliar, ativar a circulação e tirar manchas. Veja abaixo 4 tipos de argila, usadas especialmente para tratamentos faciais.

Argila branca
Começaremos falando da argila branca, sendo ela a mais leve entre todos os outros tipos de argila. É usada, em sua maioria, em máscaras para face, além de poderem ser utilizadas em shampoos voltados para cabelos mais secos. Quando aplicada por meio de máscaras, a argila branca é apropriada para peles mais sensíveis e com maior necessidade de hidratação. A argila branca apresenta uma alta quantidade de alumínio, tendo um pH bem próximo ao encontrado na pele. Como principais benefícios, a argila branca traz um maior clareamento da pele e ajuda a tratar manchas, além de auxiliar na hidratação, suavizar a superfície da pele e apresentar ação cicatrizante.

Argila verde
A argila verde também é ótima para ser usada em tratamentos de pele e é indicada para quem tem pele mais oleosa, com maior frequência no surgimento de cravos e acnes. Para os cabelos, se a preferencia for a aplicação através de shampoos e condicionadores, esse tipo de argila também é usado para couros cabeludos que sofram com maior oleosidade. As argilas verdes possuem uma maior diversidade de elementos e, por essa razão, podem ser usadas para uma série de situações. Dentre suas ações, temos a adstringente, estimulante, secativa, analgésica, bactericida, cicatrizante, esfoliante, sendo ótimo para tirar as toxinas da pele e proteger contra edemas e bactérias.

Argila vermelha
A argila vermelha é rica em cobre e óxido de ferro, sendo indicada para peles oleosas em geral. Uma característica interessante sobre essa argila é que ela consegue remover melhor o excesso de oleosidade, servindo como um peeling natural para este tipo de pele. A argila vermelha tem o poder de nutrir os tecidos com seus sais minerais,  para reduzir as linhas de expressão, e por ser uma estimuladora do colágeno com isso ela retarda o envelhecimento da pele. Além disso, tem ainda ação tonificante, bactericida, cicatrizante, adstringente e estimulante, sendo mais aplicada através de máscaras faciais de beleza.

Argila cinza
Por fim, temos a argila cinza. Esse tipo de argila é recomendada para peles manchadas e, ao mesmo tempo, que tenham maior grau de oleosidade. A argila cinza apresenta maior nível de titânio em sua composição, substância que combate cravos, espinhas, sendo também um ótimo esfoliante natural. Esse tipo de argila é também antioxidante e ajuda a retardar o envelhecimento da pele. Para os cabelos, a argila cinza é uma das melhores, pois ajuda a tratar a seborreia capilar, absorvendo a radiação solar, clareando manchas e reduzindo pesos e medidas.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).