Conheça os Malefícios do Cigarro e da Bebida Alcoólica Para a Pele

Fumar causa danos à saude da pele da mulher

Saiba quais os efeitos do cigarro e da bebida para a sua pele e comece a mudar seus hábitos hoje mesmo

Que o cigarro e a bebida alcoólica são péssimos à saúde, todos sabem. Mas, você sabia que eles também interferem na vitalidade da sua pele? Pois é!

A combinação desses dois causam o envelhecimento precoce. Os produtos tóxicos contidos na composição do cigarro e o álcool presente nas bebidas podem deixar sua pele enrugada, manchada e ressecada.

1 – Fumar causa manchas na pele

Se você fuma, já deve ter percebido o aparecimento de marcas e manchas na pele. Elas surgem por causa da dermatite atópica ou outras doenças autoimunes.

Além disso, o álcool faz com que as mulheres que sofrem de rosácea tenham mais chances de ter manchas avermelhadas no centro do rosto.

Além dos cigarros, a bebida também pode ocasionar manchas, pois algumas  possuem corante em sua composição e isso pode influenciar no aparecimento de manchas ou até mesmo desencadear uma alergia.

2 – Pele ressecada e cravos

Não é por acaso que após a ingestão de bebidas alcoólicas te aconselham a se hidratar. O álcool faz com que o seu organismo fique desidratado e ao longo do tempo sua pele comece a perder vitaminas e nutrientes que retardam o processo de envelhecimento, como, por exemplo, a vitamina C.

A fumaça do cigarro já age de forma diferente no nosso corpo, ela opera no fluxo sanguíneo e faz com que a pele fique seca e sem cor.

O cigarro também deixa seus poros mais dilatados, fazendo com que seus cravos fiquem mais aparentes.

 

3 – Rugas e olheiras

Sim, o cigarro e a bebida alcoólica ajudam a desencadear uma das maiores inimigas das mulheres, as rugas.

Isso acontece porque o cigarro afeta o colágeno do nosso corpo, que ajuda a desencadear a flacidez e as rugas, deixando uma aparência mais velha.  

Outro problema são os movimentos repetitivos do fumante, que deixam a pele sem força e com perda de elasticidade.

Como o cigarro também deixa sua circulação sanguínea prejudicada, as olheiras ficaram mais aparentes. Junto às rugas, darão a impressão de serem mais profundas.

 

4 – Flacidez do corpo e celulite

Conforme já falamos, o cigarro destrói o colágeno do corpo. Além de influenciar no aparecimento de rugas, ele também deixará regiões como seios e braços mais flácidos.

Com a circulação do sangue prejudicada, o seu corpo irá reter mais líquidos e toxinas, o que fará com que as regiões afetadas pela celulite fiquem mais destacadas.

 

5 – Câncer de pele

Por último, o cigarro aumenta o risco de câncer de pele. Segundo pesquisa realizada pelo Moffitt Cancer Center e pela Universidade do Sul da Flórida, mulheres que fumaram por no mínimo 20 anos têm duas vezes mais chance de desenvolver o câncer.

 

Com todos esses efeitos, o melhor mesmo é parar de fumar e beber com moderação para não prejudicar a saúde da sua pele, não é mesmo? Se deseja amenizar os efeitos causados pelo cigarro e pela bebida alcoólica, você pode procurar uma clínica especializada em cirurgias plásticas e também consumir alimentos com nutrientes e vitaminas que ajudam a fortalecer a saúde da sua pele.

 

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).