Menu

Como o Botox facial rejuvenesce a sua aparência?

mãos de médico com luva medindo o rosto de uma paciente de touca

O Botox age diretamente nos músculos que puxam a pele e formam as rugas, promovendo a sua paralisação. Assim, você pode sorrir ou fazer qualquer outra expressão facial sem medo!

O surgimento das primeiras linhas de expressão é um sinal claro de que o tempo está passando, mas nem sempre nossa aparência reflete a forma como nos sentimos. Nesse caso, o Botox facial é um procedimento estético que tem muito a contribuir.

De acordo com a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica, o Botox é o tratamento não cirúrgico mais realizado no país – e o volume das buscas se justifica pelos benefícios que ele traz à nossa pele, aparência e autoestima.

Afinal, o rosto é o nosso cartão de visitas. Quando estamos insatisfeitas com ele, pode ser difícil manter a autoconfiança e se sentir bem com você mesma. Felizmente, procedimentos como o Botox nos ajudam a recuperar nossa autoestima.

O que é Botox?

“Botox” é um dos nomes comerciais da toxina botulínica, uma substância produzida pela bactéria Clostridium botulinum que tem a propriedade de paralisar os músculos onde ela é injetada.

Isso acontece porque a toxina botulínica promove o bloqueio das terminações nervosas, impedindo a liberação de um neurotransmissor chamado acetilcolina, responsável por transmitir os sinais do cérebro até o músculo.

Como resultado, a atividade muscular da região fica paralisada, então as rugas não podem mais se formar.

médica aplicando botox no rosto da paciente

Como o Botox facial contribui para o rejuvenescimento

As propriedades de paralisação do músculo promovidas pelo Botox facial permitem obter um efeito de combate ao envelhecimento ao suavizar as rugas e linhas de expressão.

Em função do seu mecanismo de funcionamento, a toxina botulínica é indicada para combater as chamadas rugas dinâmicas, que são aquelas que se formam como resultado das contrações musculares, que surgem quando fazemos uma expressão.

Essas marcas costumam aparecer primeiro no canto externo dos olhos, sendo conhecidas popularmente como “pés de galinha”. Elas também aparecem na testa, em forma de linhas horizontais.

Dessa forma, depois da aplicação do Botox, ocorre a paralisação do músculo que se contrairia e formaria o vinco na pele, evitando que expressões como sorrir, ficar preocupada ou até mesmo falar deixem você com a aparência envelhecida devido ao destaque das rugas.

Além disso, o Botox facial pode ser utilizado para acentuar o arqueamento das sobrancelhas, deixando-as em uma posição mais elevada e rejuvenescendo o olhar.

O Botox não atua nas rugas permanentes

Como a atuação do Botox se dá pelo seu efeito no músculo, ele não é capaz de tratar as rugas permanentes, ou seja, os vincos que estão presentes no rosto o tempo todo, independentemente da expressão facial.

Um exemplo é o famoso bigode chinês, a linha que vai do canto externo do nariz até o canto da boca. Esses sulcos não dependem da contração muscular, tendo sua origem em um desnível na pele formado pela repetição dos movimentos e a perda de firma da pele.

Dessa forma, o Botox facial não é uma boa solução para esse tipo de ruga, embora ajude a prevenir que rugas dinâmicas se transformem em rugas permanentes. Em caso de sulcos profundos, os preenchimentos faciais com ácido hialurônico costumam ser mais indicados.

É por esse mesmo motivo que a toxina botulínica não é indicada para aumentar o volume dos lábios, já que essa substância não oferece esse efeito. Para isso, o preenchimento labial é uma alternativa muito mais eficiente.

O Botox não tira toda a expressão da pessoa

Um dos principais receios de quem está pensando em fazer o Botox facial é ficar com as “expressões congeladas”, o que resultaria em um rosto artificial por não transmitir emoções.

Essa é uma preocupação justificada, pois esse é um efeito indesejável e que realmente pode acontecer caso o tratamento não seja feito da maneira correta.

Contudo, quando a toxina botulínica é aplicada com um profissional de confiança e devidamente habilitado para fazer esse procedimento, como um cirurgião plástico, a estrutura anatômica do paciente é respeitada, de modo que o resultado fica bastante natural.

Para isso, é necessário aplicar o Botox apenas nos músculos responsáveis pela formação da ruga e utilizar doses compatíveis com as expectativas de cada pessoa em relação aos resultados.

O que esperar depois da sessão de Botox

Por ser um tratamento estético pouco invasivo, o Botox facial não exige que o paciente se afaste do trabalho. Porém, recomenda-se evitar exercícios físicos, fazer massagens no local da aplicação ou se deitar por quatro horas depois da sessão.

Ainda, como esse procedimento envolve o uso de agulhas, a pele pode apresentar pequenos inchaços e manchas arroxeadas nos pontos em que a toxina foi aplicada caso algum vasinho seja atingido – algo que não se pode evitar totalmente.

Felizmente, esses são desconfortos temporários e que desaparecem em poucos dias, deixando apenas o efeito de rejuvenescimento.

mulher loira sentada com os braços cruzados olhando para a câmera

Veja também – Verão sem Rugas: Saiba Por que o Botox é Indicado Nesta Época!

Como são os resultados da aplicação do Botox

Os efeitos do Botox facial não são imediatos, portanto não se preocupe se você não perceber muita diferença logo que sair da clínica. Os resultados desse tratamento começam a aparecer em torno de 3 a 4 dias depois da aplicação, chegando à sua totalidade em até duas semanas.

Depois desse período, o médico poderá avaliar a necessidade de fazer um retoque na aplicação para corrigir eventuais assimetrias ou linhas de expressão que tenham persistido.

Além disso, deve-se ter em mente que os resultados do Botox não são permanentes. Nas mulheres, o efeito costuma durar de 4 a 6 meses, enquanto nos homens ele dura cerca de 4 meses (pois a pele e os músculos deles são mais fortes).

Desse modo, é necessário repetir o Botox facial depois desse tempo para que seus resultados sejam mantidos e você continue com a aparência mais jovem.

Se você ficou interessada no Botox, agende uma avaliação com a Dra. Luciana Pepino para descobrir se essa é a melhor solução para você e descubra outros tratamentos estéticos e cirurgias plásticas para se sentir sempre linda e jovem.

  • 37
    Shares

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).