Solução para Sudorese nas axilas: Botox

Veja por quê o Botox é o tratamento mais procurado da atualidade para tratamento da sudorese focal ou hiperidrose

Esse é um problema que para muita gente que chega a ser constrangedor, afinal não há elegância e sofisticação que resista ao suor excessivo na região das axilas. A hiperidrose ou sudorese focal acomete cerca de 2,8% da população mundial, tanto homens quanto mulheres, e pode ocorrer também nas mãos, nos pés e no rosto, e chega a gerar desconforto social. Ela ocorre em consequência de uma intervenção no sistema nervoso simpático, que aumenta a produção de suor pelas glândulas sudoríparas. Esse processo, no entanto, pode ser reduzido de algumas formas: através de tratamentos clínicos com medicamentos orais e desodorantes à base de alumínio; cirúrgica, onde o estímulo é bloqueado através da secção de um nervo, ou pela aplicação da toxina butolínica, o Botox, que age reduzindo temporariamente a produção de suor.

A sudorese focal nas axilas é caracterizada por um estado em que o corpo acaba transpirando mais do que o necessário para manter a temperatura normal do organismo e pode ser deflagrada principalmente pelo estresse, em uma reação corporal parecida com a dor de estômago quando ficamos nervosos, havendo ainda relações com o histórico familiar. No entanto, os estudos mostram que a quantidade de suor também tem relação com a massa corpórea (sua mais quem está acima do peso) e em mais de 50% dos casos a hiperidrose está relacionada à diabetes. Além disso, pessoas de origem asiática, principalmente japonesas, também têm mais tendência à sudorese focal.

A quantidade excessiva de suor pode comprometer trabalhos manuais que lidem diariamente com papéis, por exemplo, relacionamentos íntimos e sociais até mesmo na hora de cumprimentar as pessoas. A aplicação de Botox, no entanto, indicada para quem não pode ou não quer recorrer à cirurgia, é capaz de controlar o problema com bastante eficácia e segurança. A aplicação do produto pode ser feita no próprio consultório e dura em torno de 15 minutos. Cerca de 72 horas após já é possível perceber os resultados, que duram entre 4 e 10 meses. O Botox pode ser aplicado a seis meses e hoje é um dos métodos mais procurados para quem deseja acabar com o problema. Outra vantagem é que o tratamento não precisa de internação e o paciente pode voltar às suas atividades normais no mesmo dia.

A sudorese aparece com mais frequência na infância, e muitas vezes atrapalha os estudos de crianças que têm dificuldade de alfabetização porque vivem com os cadernos molhados, por exemplo. Nestes casos, em que ela surge sem causa aparente, é considerada primária, mas quando é difusa e/ou tem início já na vida adulta, é necessário pensar em causas secundárias, como diabetes, neoplasias, linfomas, tuberculose, HIV, menopausa, alcoolismo crônico, doenças da tiroide e gota, entre outras. Alguns medicamentos também podem causar sudorese, entre eles Propranolol, Ppilocarpina, Omeprazol, Tramadol, Insulina, alguns antidepressivos como Fluoxetina, Sertralina e Escitalopram, etc.É bom lembrar que a Ela não é uma doença grave, mas além dos transtornos sociais e emocionais, a sudorese focal nas axilas pode acarretar em outros problemas de pele, como verrugas, eczemas, infecção fúngica (principalmente nas unhas), dermatite atópica e odores desagradáveis.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).