11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Alimentos que podem manchar os dentes

alimentos que mancham os dentes

Conheça os alimentos que causam manchas nos dentes.

Alguns dos alimentos que mais mancham os dentes fazem parte do cardápio diário, como o próprio café ou aquela taça de vinho no fim de noite. Esses alimentos são conhecidos como cromogênicos, ou seja, são alimentos que apresentam forte pigmentação e, por isso, comprometem a coloração natural do dente, o que ajuda a provocar seu escurecimento a médio prazo, que é a causa daquele sorriso escurecido.

Esses alimentos liberam a pigmentação enquanto são mastigados e, pouco a pouco, vão escurecendo os dentes e tirando-lhes aquele aspecto bonito e saudável dos dentes brancos. Vegetais com pigmentação mais forte, como beterraba e amora, por exemplo, são alguns dos vilões dos dentes brancos. Quanto às bebidas, o café e o vinho também são alimentos que devem ser evitados. Porém, se você também é uma daquelas pessoas que não vivem sem tomar café ou gostam de beber vinhos, o ideal é sempre carregar consigo uma escova, pasta, fio dental e um enxaguante bucal para fazer a higiene bucal onde estiver.

Escovação após as refeições

Apesar do tema se referir a alimentos que causam manchas nos dentes, devemos lembrar que grande parte das manchas são causadas por falta de higiene, e esse é o erro de muitos. Imagine-se, por exemplo, tomando um café concentrado de manhã, almoçando pratos que contenham alimentos que mancham os dentes, bebendo mais duas xícaras de café durante o serviço e saindo para beber vinho à noite. Se você passou o dia todo sem higienizar os dentes e se isso se repetir por semanas ou meses, o escurecimento dos dentes será algo inevitável e acontecerá mesmo se você se privar dos alimentos citados aqui.

Quem já tem o dente mais escuro porque vem abusando ao longo dos anos e não quer optar por procedimentos mais caros de branqueamento dental, que duram, em média, até um ano, pode optar por métodos mais simples que ajudam a evitar o escurecimento dos dentes. A higiene bucal completa é o principal cuidado que devemos ter para evitar complicações na coloração dos dentes, principalmente após refeições que contenham alimentos com pigmentação. Além da escovação, o uso de um enxaguante bucal e do famoso fio dental irá maximizar os efeitos da limpeza e ajudar no processo de regeneração.

Principais alimentos que escurecem os dentes:

• Café
• Chá
• Refrigerantes
• Amora
• Uva
• Cereja
• Vinho tinto
• Açaí
• Beterraba
• Molho de Soja (Shoyu)
• Sucos artificiais

Para saber se o alimento mancha, basta comer um pedaço (ou beber um gole) e olhar a língua. Se a parte que entrou em contato com o alimento estiver manchada, é provável que a pigmentação atinja os dentes. É importante ressaltar também que alimentos não deixam dentes amarelados, ou seja, eles transferem sua pigmentação para os poros dos dentes e isso traz um aspecto de escurecimento. Dentes amarelos são, na maioria das vezes, causa do envelhecimento da dentina ou do uso continuo de tabaco, por exemplo.

Vale lembrar também que os alimentos citados acima não precisam ser excluídos totalmente de sua rotina. Para evitar complicações, basta fazer a higiene bucal cerca de uma hora após ter consumido os alimentos. Dessa forma, você minimiza os riscos de tingimento e pode usufruir de seus nutrientes. Afinal de contas, um café da manhã sem um cafezinho tira o humor de qualquer um, sem contar os benefícios metabólicos e de relaxamento que a cafeína traz para nosso organismo. Mas, como tudo na vida, saiba moderar.

Faça um check-up dental

Se você notou que seus dentes estão escurecidos, além de diminuir a ingestão de alimentos com pigmentação mais forte, a fim de evitar que haja um agravamento na coloração dos dentes, recomenda-se que o indivíduo vá a um dentista para ver se não há a presença de tártaro ou outras problemáticas que possam estar causando ou influenciando na coloração dos dentes. Além disso, pessoas que passam por um clareamento dental recente ou fizeram restaurações em resina ou acrílico devem diminuir o consumo dos alimentos ou evitá-los por um período específico, uma vez que eles comprometem os tratamentos.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).