11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Alimentos que ajudam a chapar a barriga

alimentos que ajudam a chapar a barriga

Descubra 4 alimentos que ajudam a deixar a barriga chapada.

Desenvolver uma barriga sarada e saudável é o que todas nós queremos, mas sabemos que essa não é nem nunca foi uma tarefa fácil. Apesar de todas as dificuldades, quem está disposta a ir em frente e conquistar o abdômen liso vai chegar lá, querendo ou não. É tudo uma questão de esforço e disciplina, que envolve uma rotina de exercícios físicos e uma dieta mais balanceada.

Se você precisa perder medidas e está em busca da barriga dos sonhos, existem alguns alimentos antibarriga que podem ser facilmente encontrados na feira ou mesmo no supermercado e que vão ser grandes auxiliadores no processo de perda de peso.

Esses alimentos funcionam porque aceleram o metabolismo, uma vez que possuem substâncias anti-inflamatórias e antioxidantes que combatem as células de gordura, reduzindo também o excesso de radicais livres. Quer conhecê-los? Elencamos abaixo 4 desses alimentos!

1. Sardinha e atum

Cortar todo tipo de gordura a fim de emagrecer mais rápido não é uma boa estratégia. As gorduras poli-insaturadas do ômega-3, encontradas nos peixes, ajudam a melhorar a sensibilidade à insulina. Com isso, é possível reduzir os processos inflamatórios e eliminar a gordura mais facilmente.

O consumo de peixes de águas profundas vai ajudá-la a perder peso mais rápido e a, inclusive, acelerar a fase de recuperação após a realização dos exercícios físicos. Além disso, os peixes fazem bem para o corpo como um todo – unhas, cabelos, pele, ossos, órgãos, músculos e cérebro – e não engorda, se o consumo for moderado.

2. Pimenta dedo de moça

Quem não gosta de uma comida com uma pitada de pimenta? A pimenta é um tempero usado no Brasil todo e não pode faltar no prato de quem quer derreter a barriguinha. A capsaicina, substância encontrada na pimenta e responsável pelo ardor desse alimento, estimula a morte das células de gordura – processo que leva o nome de oxidação – não só da barriga, mas também das demais partes do corpo. Essa substância também acelera o metabolismo e, eventualmente, estimula o gasto energético do corpo.

3. Aveia

Muito se fala da aveia, mas pouco se sabe sobre ela. A aveia é um alimento que está muito presente na grande maioria das dietas e a razão disso é o fato da aveia ser rica em fibras. As fibras se transformam em um tipo de gel quando entram em contato com líquidos e chegam no estômago.

O resultado disso é uma sensação de mais saciedade e, com isso, a menor ingestão de comida. A aveia também modula a carga glicêmica das refeições, o que é maravilhoso para evitar picos de insulina.

4. Linhaça e chia

A chia e a linhaça, assim como os peixes, são fontes ideais de ômega-3. No caso da linhaça e da chia, elas possuem gordura de qualidade com efeito anti-inflamatório. A linhaça e a chia também são riquíssimas em fibras, que agem contra os estoques de gordura no abdômen.

Essas sementes ajudam a aumentar a saciedade e regulam o funcionamento do intestino. A chia deve ser, de preferencia, hidratada e a linhaça em sua versão triturada. Por dia, aconselha-se consumir 2 colheres (sopa) no suco, omelete ou iogurte.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).