(11) 3285-6412Segunda a Sexta-Feira das 10h às 19h
Clínica Especializada em Cirurgias Plásticas
  • A Clínica
  • Cirurgias
  • Procedimentos
  • Informações
  • Dicas
  • Contato
  • Blog
Agendar Consulta
retornar
Qual é a diferença entre uma abdominoplastia e uma mini abdominoplastia?

Qual é a diferença entre uma abdominoplastia e uma mini abdominoplastia?

Confira a diferença entre mini abdominoplastia e abdominoplastia

A mini abdominoplastia e a abdominoplastia são voltadas para reduzir o volume de gordura no abdômen. Porém, apesar da semelhança no objetivo e na nomeação, se tratam de técnicas medicinais diferentes. Você sabia?

Por exemplo, uma das diferenças entre os procedimentos é que uma retira mais gordura e pele do que a outra. Isso pode parecer detalhes irrelevantes. Entretanto, isso tem impactos muito significativos, um deles é a redução no tamanho e intensidade da cicatriz, incômodo de muitos.

Diante disso, é fundamental tirar suas principais dúvidas em torno da mini abdominoplastia e da abdominoplastia. Continue a leitura e descubra a diferença entre eles, qual é o mais indicado, como cada um é executado e muito mais!

O que são a abdominoplastia e a mini abdominoplastia?

Conforme mencionado, abdominoplastia e mini abdominoplastia são procedimentos cirúrgicos que melhoram o contorno do abdômen. Para isso, a técnica deve retirar parte do volume da região, de modo similar à lipoaspiração. Já ouviu falar? Por muito tempo essa técnica foi uma das mais populares quando o assunto era procedimento cirúrgico para o abdômen.

No entanto, a abdominoplastia ganha cada vez mais popularidade nos últimos anos. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, ela ocupa o 4º lugar no ranking mundial e o 3º no Brasil. Saiba mais sobre ela e a mini abdominoplastia a seguir!

Abdominoplastia

A abdominoplastia é aliada no contorno da região abdominal ao retirar o excesso de gordura e da pele. Logo, o paciente fica com um menor volume no abdômen e pode ter uma barriga lisa e chapada. Assim, ela é útil em casos de gordura excessiva no local.

Mas, além disso, a abdominoplastia também ajuda a reduzir flacidez, tecido muscular solto e bolsas de gordura. Isto é, sabe quando o paciente tem o peso corporal normal, mas no abdômen tem depósitos de gordura?

Os chamados popularmente de ‘’barriga de cerveja’’ ou aspecto de ‘’avental’’, para maior compreensão. Em situações como essas pode ser mais difícil reduzir o volume naturalmente, mesmo com alimentação saudável e prática de exercícios físicos. Esse quadro é mais comum em mulheres que tiveram múltipla gestação ou quem perdeu peso rapidamente.

Mini abdominoplastia

Conforme mencionado, a mini abdominoplastia tem objetivo e funcionamento semelhante a abdominoplastia. Isto é, a musculatura é amarrada até a parte superior do abdômen para que o tratamento ocorra. Contudo, na versão mini existe uma menor complexidade no procedimento.

Assim, as cicatrizes são menores e o umbigo não é afetado pela cirurgia. E ainda, o corte nos músculos do abdômen é dispensável. De qualquer maneira, também é possível obter um melhor contorno na barriga e cintura abdominal.

Então, pessoas com menor nível de flacidez e gordura abdominal apenas na parte inferior da barriga podem ser contempladas com o procedimento. Essas características costumam envolver grupos específicos, como:

  • mulheres com múltiplas gestações, mas que não adquiriu muita flacidez no abdômen e nem perdeu tanta elasticidade;
  • pessoas magras, mas que mantém um pouco de gordura e flacidez na parte inferior do abdômen;
  • mulheres que passaram por diástase abdominal, em que os músculos são separados do abdômen durante a gestação.

Quais são as diferenças entre a abdominoplastia e a mini abdominoplastia?

Ao longo da leitura você já percebeu algumas semelhanças e diferenças entre os procedimentos cirúrgicos citados. Todavia, para uma maior compreensão, confira a seguir mais detalhes sobre as diferenças entre eles:

  • mini abdominoplastia: é indicada apenas em situações leves de flacidez ou gordura;
  • abdominoplastia: é indicado para casos de flacidez e gordura abdominal mais acentuados;
  • mini abdominoplastia: a retirada da pele é menor e amarra apenas a parte abaixo do umbigo, normalmente essa área é pouco afetada ou não sofre alterações;
  • abdominoplastia: amarra a musculatura do abdômen até a parte superior e remodela o umbigo;
  • mini abdominoplastia: o procedimento cirúrgico é mais curto e o tempo de recuperação é mais rápido, o que pode levar até 2 dias de internação hospitalar;
  • abdominoplastia: a técnica completa do contorno abdominal é mais complexa e precisa de 10 ou 15 dias para recuperação;
  • mini abdominoplastia: a correção cirúrgica aperta apenas os músculos e a pele do abdômen inferior;
  • abdominoplastia: a correção cirúrgica nesse caso corrige a pele de todo abdômen e os músculos da região a partir da costela até a púbis.

Como ocorre o processo de recuperação e pós-operatório das cirurgias?

Você percebeu as principais diferenças no funcionamento da abdominoplastia e mini abdominoplastia. Essas diferenças também se aplicam no processo de recuperação e no pós-operatório.

Assim, o cirurgião responsável pela execução deve orientar os pacientes quanto aos cuidados adequados. É o caso do uso de cinta pós-cirúrgica, recomendar fazer drenagem linfática, uso de medicamentos adequados, repouso, evitar esforço físico nos primeiros dias etc.

O tempo de recuperação da abdominoplastia tende a ser maior que o da mini abdominoplastia. Contudo, não existe um período definido para todos os casos. Isso porque existe variação, conforme as condições de cada paciente. E ainda, caso ele tenha passado por outros procedimentos simultaneamente, com a lipoaspiração, o período é prolongado.

Qual é a melhor técnica: mini abdominoplastia ou abdominoplastia?

Após uma leitura atenta das informações citadas, você já percebeu que não se pode decidir qual das técnicas é superior. Isso porque a decisão adequada depende das metas pessoais e condições de saúde de cada pessoa. Assim, é preciso que um profissional de saúde avalie cada caso e indique qual o mais adequado.

Nesse sentido, ele deve identificar a localização do problema. Por exemplo, se a maior concentração do volume de gordura abdominal estiver abaixo do umbigo, a mini abdominoplastia pode ser a mais indicada. Caso contrário, possivelmente, apenas a abdominoplastia deve contemplar suas necessidades.

De todo modo, o desejo do paciente também é um fator a ser considerado. Isso porque ele pode priorizar cirurgias menos invasivas, como a mini abdominoplastia. Então, a decisão deve ser alinhada entre médico e paciente para que se chegue a um melhor resultado.

Então, conseguiu tirar suas principais dúvidas sobre mini abdominoplastia e abdominoplastia? Já consegue deduzir qual pode ser a mais indicada para o seu caso? Seja qual for o seu pensamento, a procura por profissionais especialistas é indispensável. Isso diminui os riscos da cirurgia e aumenta as chances de satisfação com o resultado.

Quer continuar acompanhando nossas atualizações de conteúdo sobre saúde e procedimentos cirúrgicos? Nos siga nas redes sociais. Estamos no Instagram, Facebook, Telegram, Twitter, YouTube e LinkedIn!

Conheça agora nosso simulador de Prótese Mamária, e faça agora o teste e descubra a sua prótese ideal!

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.


Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Agende sua consulta

Deixe o seu comentário

  1. Paula

    Gostaria de saber o valor da abnoplastia.

    responder
    1. Dra. Luciana Pepino

      Oi, Paula! Tudo bem? Para definir os valores é necessário que você passe por uma avaliação pessoalmente, somente assim poderei opinar sobre qual a melhor indicação para você. Após a primeira avaliação é possível definirmos valores e formas de pagamento. Entre em contato conosco, se quiser, para agendar sua primeira consulta. Beijos!

      responder

Leia Também

Carregando...

Campanha #ViralizeOBem

Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
Quero ajudar!
imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
logo

Campanha #ViralizeOBem

Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

Quero ajudar!

Assine nossa newsletter

Assine e receba dicas, novidades, materiais e muito mais.

whatsapp

Cirurgias

Procedimentos

Links Úteis

Telefones de Contato

Políticas de Privacidade

Dra. Luciana L. Pepino. Diretora Técnica Médica

CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

logo

2022. Dra. Luciana Pepino

Todos os direitos reservados.