Abdominoplastia, conheça seus resultados

Abdominoplastia: conheça seus resultados

Cada vez mais as pessoas encaram os procedimentos estéticos não apenas como a solução para questões de saúde, mas também como uma forma de fortalecer a autoestima e a autoconfiança. E, neste cenário, a Abdominoplastia ganha cada vez mais espaço.

Seja para mulheres que passaram por uma gravidez recentemente ou homens e mulheres buscando soluções para remover o excesso de pele decorrente de uma grande perda de peso, fato é que esta cirurgia pode ser uma poderosa ferramenta na busca pela boa forma e saúde mental.

Por isso, siga na leitura e saiba mais sobre a Abdominoplastia, as possíveis complicações e, principalmente, os resultados que ela proporciona.

 

Entenda mais sobre a Abdominoplastia

A técnica, também chamada de Dermolipectomia Abdominal, consiste na remoção do excesso de tecido flácido e de gordura na região do abdômen.

Dessa forma é possível restaurar ou proporcionar uma aparência mais enxuta e tonificada, o que consequentemente contribui para a busca e manutenção de um estilo de vida mais saudável.

A Abdominoplastia costuma ser mais indicada para pacientes que realizaram a cirurgia bariátrica e, com o emagrecimento, acumularam excesso de pele na região. Mulheres que querem recuperar o condicionamento do abdômen que possuíam antes da gestação também estão entre o público desta cirurgia.

 

O procedimento leva em torno de 2 a 3 horas para ser realizado. Após a anestesia (que pode ser bloqueio – anestesia peridural ou Raqui – com sedação ou geral), o cirurgião realiza uma incisão em forma de semicírculo, que vai da região logo acima dos pelos pubianos até o umbigo.

A próxima etapa do processo consiste na extração de qualquer gordura excedente do abdômen e faz a aproximação dos músculos usando pontos nos músculos reto abdominais, fixando-os dos pela aponeurose – uma membrana fibrosa que reveste os músculos.

 

Depois disso ele puxa a pele correspondente ao abdômen superior até à região pubiana e sutura, corrigindo o posicionamento do umbigo caso seja necessário. O resultado é um abdômen mais enxuto e uma cintura mais marcada, criando o aspecto de um corpo mais magro e com contornos definidos.

 

Pontos de atenção para pacientes que pretendem realizar uma Abdominoplastia

Como em boa parte dos procedimentos cirúrgicos é comum que os pacientes sintam dor e apresentem inchaço nos dias após o procedimento.

O cirurgião responsável deverá prescrever um analgésico, se necessário. A Abdominoplastia em si não é uma cirurgia dolorosa – apenas requer uma rotina criteriosa de cuidados no pós-operatório, com atenção especial a qualquer tipo de esforço físico que sobrecarregue a região.

 

Tal como acontece com qualquer cirurgia, existem riscos. É importante ressaltar que a Abdominoplastia é uma cirurgia extensa e requer cuidados.

Embora sejam raras, as complicações podem incluir:

  • Deiscências da pele,
  • Infecção,
  • Hemorragia e surgimento de fluídos na área que foi operada,
  • Cicatrizes espessas e salientes,
  • Pele extra nas extremidades da cicatriz,
  • Feridas que não cicatrizam,
  • Manchas de sangue debaixo da pele (hematomas),
  • Dormência ou dor abdominal,
  • Problemas respiratórios causados pela restrição da respiração,
  • Coágulos de sangue, que podem provocar trombose – o que pode ser contornado por caminhadas suaves periodicamente, dentro de casa,
  • Embolia pulmonar, como decorrência de uma trombose,
  • Necroses de pele,
  • Reação alérgica ao anestésico (o que é muito raro).

 

As chances de complicação aumentam em pacientes que possuam problemas de circulação, diabetes ou doença cardíaca, pulmonar ou hepática ou histórico de coágulos sanguíneos.

O mesmo se aplica aos fumantes, já que o tabagismo prejudica a circulação sanguínea. Isso atrapalha a cicatrização e favorece o surgimento da trombose e de necrose na área operada. Então, pacientes fumantes devem evitar o cigarro cerca de dois meses antes e dois meses depois do procedimento, para evitar complicações extras.

As cicatrizes de uma Abdominoplastia são bastante visíveis – mas podem desaparecer progressivamente com o tempo. Seu cirurgião pode recomendar pomadas específicas para ajudar neste processo.

 

Resultados de uma Abdominoplastia bem-sucedida

A remoção do excesso de pele e gordura, além da restauração da parede abdominal, garante ao abdômen do paciente uma aparência mais tonificada.

Os resultados da Abdominoplastia geralmente são duradouros – desde que o paciente tenha em mente que a manutenção do peso é crucial para manter seus resultados.

Aliás, é importante reforçar que esta cirurgia não substitui o tratamento para obesidade, bem como os cuidados certos com a alimentação e um programa de exercícios.

 

É por isso também que o procedimento não está indicado nos casos de pacientes que apresentam gordura visceral com tendência a projetar o abdomên para a frente.

Por isso, pacientes que se encontram nos estágios iniciais de um tratamento de emagrecimento ou mulheres considerando uma gravidez futura são aconselhados a aguardar um momento mais propício para realizar o procedimento.

 

Se você quer saber mais sobre a Abdominoplastia, fale com a Dra. Luciana, seja através de nosso site ou marcando já a sua consulta – clique aqui para agendar.

Quer entender mais sobre abdominoplastia? Baixe agora nosso e-book gratuito, e tire suas dúvidas!