11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

6 motivos para fazer drenagem linfática

Drenagem Linfática e Desintoxicação

Drenagem linfática gera benefícios estéticos e à saúde. Saiba por que investir nessa técnica e como ela influencia o bom funcionamento do organismo. 

A drenagem linfática consiste em uma técnica manual de massagem que tem como objetivo estimular o sistema linfático.

O sistema linfático é formado por uma rede de gânglios e vasos que ajudam a filtrar e eliminar a linfa. Ela consiste em um líquido composto por água, sais, toxinas e glóbulos brancos, principalmente linfócitos.

Com a drenagem, há um estímulo ao movimento da linfa em direção ao linfonodos, que fazem a filtragem desse líquido para reduzir as toxinas presentes no organismo e melhorar a distribuição de nutrientes.

Quais motivos para fazer drenagem linfática com frequência?

Após entender do que se trata a drenagem linfática é importante conhecer os benefícios dessa técnica que justificam fazê-la em intervalos regulares. Confira!

1. Eliminação de toxinas do organismo

Como visto, o estímulo ao sistema linfático promovido pela drenagem auxilia diretamente na eliminação de toxinas do organismo, minimizando problemas como processos inflamatórios que podem comprometer a estética (como com o surgimento de celulites) e a saúde (como problemas digestivos, respiratórios e outros).

2. Melhora da circulação

A drenagem linfática contribui para descongestionar o sistema e consequentemente os gânglios que fazer a filtragem da linfa. Com isso, o organismo funciona melhor, inclusive com benefícios à circulação sanguínea.

Uma boa circulação do sangue melhora a oxigenação das células, reduzindo os impactos dos radicais livres que causam o envelhecimento celular, e distribuição de nutrientes pelo organismo.

3. Redução da retenção de líquidos

A retenção de líquidos é um problema comum entre as mulheres, causando uma sensação incomoda de inchaço. 

Os movimentos da drenagem linfática contribuem na eliminação do líquido retido, ajudando pacientes que sentem insatisfações físicas e de saúde com a retenção.

4. A drenagem linfática acelera a recuperação após a cirurgia plástica

A drenagem linfática é um tratamento indicado para o pós-operatório de diferentes cirurgias plásticas, como lipoaspiração e abdominoplastia.

A técnica contribui para amenizar a retenção de líquido, que é um problema comum na recuperação de cirurgias. Além disso, ajuda o corpo a eliminar fluidos que se acumulam no local operado, o que reduz quadros de seromas e facilita a recuperação de hematomas.

Outro beneficio é que a melhor oxigenação das células contribui diretamente para estimular a produção de colágeno e melhorar a cicatrização.

5. Ajuda na redução de medidas

No fator estético, a drenagem linfática também apresenta diferentes benefícios, como contribuir na redução de medidas. Uma vez que a retenção de líquidos prejudica o contorno abdominal, dos glúteos e das pernas, a técnica ajuda a amenizar essas insatisfações.

Destaca-se que não é um procedimento para queima de gordura, mas ao ajudar na eliminação dos líquidos retidos, pode reduzir medidas, especialmente nessas regiões.

6. A drenagem linfática fortalece o sistema imunológico

Uma boa resposta imunológica depende de o organismo conseguir manter suas defesas fortes, o que é influenciado por fatores como boa oxigenação celular e distribuição de nutrientes.

Esses dois aspectos são beneficiados com a eliminação das toxinas e melhora do funcionamento do sistema linfático, portanto, fortalece o sistema imunológico.

Verifica-se assim que a drenagem linfática apresenta diversos benefícios ao organismo, mas é importante que a técnica seja conduzida por um profissional capacitado.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).