11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

5 Motivos para você fazer esfoliação corporal

Conheça os diferentes tipos de esfoliação e descubra seus 5 benefícios.

A esfoliação de pele, que ganhou mais popularidade nas últimas décadas, é uma técnica de hidratação usada por muitas mulheres, principalmente em épocas de temperaturas extremas. Na verdade, nossa pele já passa por esfoliações naturais, mesmo que imperceptivelmente, a cada 30 dias, quando trocamos de pele. Porém, trata-se de um processo lento e desigual. A cada dia, acumulam-se na superfície de nossa pele camadas de células mortas, bem como sujidades da poluição do próprio ambiente em que vivemos. Isso vai deixando a pele áspera, ressecada, fosca e desagradável ao toque.

As esfoliações cosméticas foram criadas exatamente para dar um reforço à pele e ajuda-la a resgatar seus nutrientes, recuperando sua suavidade e beleza. A esfoliação ajuda a renovar as células da pele, deixando o bronzeado muito mais uniforme e ajudando a minimizar aquele efeito de “casca de laranja”. Apesar de ser uma alternativa saudável, deve-se evitar fazê-la semanalmente. O ideal é fazer a esfoliação de pele a cada duas semanas para não estimular sua oleosidade nem causar a hipersensibilidade dos poros.

Quais são os tipos de esfoliantes existentes?

Dependendo do país, do tipo de tratamento e da pele, os esfoliantes podem variar bastante, mas a grande maioria deles geralmente são compostos de:

Sal e óleo: a opção mais usada no mercado. Nessa mistura, é utilizado o sal marinho (granulado) e uma série de óleos essenciais que tem como finalidade deixar a pele mais macia e cheirosa.

Plantas: aloé vera, gengibre e alecrim são algumas das plantas medicinais mais usadas em esfoliação corporal, tanto para tratar a saúde da pele como para relaxamento.

Açúcar: pode ser um substituto do sal por conta de seu aspecto granulado e ser acrescentado nos óleos e cremes para ajudar a intensificar ainda mais o efeito da esfoliação.

Outros alimentos: não é incomum encontrar outros alimentos na esfoliação, já que, além de serem cheirosos, apresentam propriedades hidratantes e nutritivas que auxiliam na recuperação da pele. Os mais usados são laranja, chocolate, limão, mel, canela e diferentes tipos de sementes.

Quais são os 5 benefícios da esfoliação?

– Ajuda a eliminar as células mortas, promovendo a renovação das células.
– Garante um bronzeado muito mais duradouro e homogêneo
– Suaviza a pele e intensifica a penetração e ação dos cosméticos
– Diminui a celulite e melhora a circulação sanguínea
– Estimula o corpo a produzir colágeno

Cuidados antes da esfoliação

Antes de partir para a esfoliação, o ideal é descobrir qual seu tipo de pele. Existem diferentes tipos de tratamento para peles oleosas, secas ou mistas, ou para as que sofrem de alergias, por exemplo. Por isso, é sempre importante tomar os devidos cuidados para não acabar machucando a pele ao invés de trata-la.

Se você tem a pele muito sensível, tente sempre passar o creme da forma mais delicada possível para não agredi-la. Se você tem a pele rosada demais, o melhor é escolher produtos com esferas menos abrasivas.

O momento mais adequado para realizar as esfoliações são durante ou logo após o banho, uma vez que, com a pele molhada ou ainda umedecida, o creme desliza e age melhor. A aplicação deve ser feita com movimentos leves, lentos e circulares – isto é, sem pressionar a pele – e deve-se dar mais atenção a áreas como joelhos, sola dos pés e cotovelos, além, claro, do rosto, evitando a região ao redor dos olhos.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).