(11) 3285-6412Segunda a Sexta-Feira das 10h às 19h
Clínica Especializada em Cirurgias Plásticas
  • A Clínica
  • Cirurgias
  • Procedimentos
  • Informações
  • Dicas
  • Contato
  • Blog
Agendar Consulta
retornar
Como avaliar um cirurgião de confiança

Como saber se um cirurgião é de confiança?

Confira 6 critérios para escolher um cirurgião de confiança e veja qual a importância dos elementos técnicos e da relação com o profissional

Escolher um cirurgião de confiança é essencial para fazer a cirurgia plástica com mais segurança, tranquilidade e melhores chances de um resultado estético satisfatório.

Apesar dessa importância, muitas pacientes têm dúvidas sobre quais critérios avaliar para escolher o cirurgião plástico. Por isso, a seguir apresentamos alguns elementos a serem analisados. Confira!

6 dicas para escolher um cirurgião de confiança

Para que um cirurgião plástico seja considerado de confiança é preciso cumprir alguns requisitos que vão desde os elementos técnicos, como formação, até fatores particulares da relação do paciente com o profissional, como se ele transmite segurança e comprometimento ético. 

1. Formação

O primeiro e indispensável critério a ser analisado na hora de selecionar um cirurgião plástico é se ele tem a formação na área, o que inclui mais de 10 anos de estudos entre graduação em Medicina, residência em cirurgia geral e, posteriormente, em cirurgia plástica.

Uma das formas de assegurar essa qualificação do profissional é verificando se ele é um membro autorizado da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

2. Experiência

Além da formação, um cirurgião de confiança deve ter experiência, o que pode ser avaliado a partir dos anos de exercício da profissão.

Deve-se verificar também a experiência no procedimento específico que se deseja fazer, como rinoplastia, lipoaspiração, mamoplastia e outros.

Esse fator pode ser observado a partir de relatos de outros pacientes, cursos e formações extras e o histórico do cirurgião.

3. Referências

Por que pesquisar sobre um cirurgião de confiança?

 

As referências ou recomendações são fundamentais para saber se outras pacientes gostaram do suporte do profissional, considerando-o um cirurgião de confiança.

Atualmente, pela internet é possível verificar essas credenciais com mais facilidade, mas é importante buscar diversas opiniões antes de confiar em um cirurgião.

Alguns canais pelos quais a reputação do profissional pode ser observada são os sites especializados nos quais as pacientes dividem comentários, redes sociais e outros. 

4. Infraestrutura

Avalie a infraestrutura da clínica do cirurgião plástico, principalmente se ele trabalha com outros profissionais que podem ser importantes no processo de cirurgia plástica, como enfermeiros e fisioterapeutas.

Uma clínica com uma infraestrutura completa torna mais fácil o suporte médico uma vez que você terá acesso a todos os profissionais em um mesmo local.

Além disso, essa infraestrutura indica a experiência do profissional e seu comprometimento com um atendimento completo aos pacientes.

5. Ética

A ética médica é um elemento indispensável em um cirurgião de confiança. Por exemplo, o Conselho Federal de Medicina (CFM) determina que o valor de um procedimento depende da avaliação e, portanto, apenas pode ser informado após a consulta. Desconfie de clínicas e profissionais que informam esses valores previamente.

Também é um dever ético do cirurgião plástico informar sobre os riscos e benefícios de um procedimento, deixando claro ao paciente quais resultados podem efetivamente ser alcançados. 

6. Relacionamento

Por fim, o cirurgião de confiança é aquele que, além de cumprir os requisitos anteriores, transmite segurança e te deixa mais confortável antes da cirurgia plástica. Dessa forma, a primeira consulta é essencial.

É importante que você sinta-se confortável em contar seu histórico médico e informar as motivações e expectativas que têm com a cirurgia plástica.

Além disso, o cirurgião plástico deve dispor-se ao esclarecimento de dúvidas e ser honesto quanto às possibilidades do tratamento.

Portanto, avaliar se é cirurgião de confiança depende desses diferentes fatores considerando tanto a formação e qualificação, como também seu relacionamento com o profissional.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.


Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Agende sua consulta

Deixe o seu comentário


    Leia Também

    Carregando...

    Assine nossa newsletter

    Assine e receba dicas, novidades, materiais e muito mais.

    whatsapp

    Cirurgias

    Procedimentos

    Links Úteis

    Telefones de Contato

    Políticas de Privacidade

    Dra. Luciana L. Pepino. Diretora Técnica Médica

    CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

    logo

    2022. Dra. Luciana Pepino

    Todos os direitos reservados.