Mastoplastia

Procurando por Mastoplastia?

Após a puberdade as mamas são rígidas devido à quantidade de glândula. Com o passar dos anos há uma diminuição desta quantidade que é trocada por gordura. A amamentação e oscilação de peso são os maiores causadores da queda da mama (ptose). A Mastoplastia tem como objetivo reverter este quadro, suspendendo a mama e retirando o excesso de pele e tecido mamário excedente.

Assim como toda cirurgia plástica, apresenta grande segurança, desde que realizada por cirurgião plástico devidamente habilitado e especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e deve ser feita em ambiente hospitalar.

Os resultados são muito satisfatórios, trazendo para a paciente uma melhora da autoestima e bem estar.

Alguns tipos de Mastoplastia podem ser diferenciados como:

Mastoplastia redutora: tem como objetivo diminuir o volume e moldar nova forma às mamas;
Mastoplastia de aumento: são implantadas próteses mamárias (de silicone ou outros produtos) para projetar esteticamente ou preencher deformidades adquiridas;
Mastoplastia para corrigir a queda: com pequena ou nenhuma redução de volume associada;
Também pode ser usada para equilibrar as assimetrias evidentes.

Tipo de anestesia:

A anestesia pode ser local ou geral. A recuperação não costuma ser dolorosa, há sim um incomodo local, mas bem tolerável.

Recomendação no pós-operatório:

Deve-se evitar a elevação dos braços e esforço por 30 dias.
Não dormir de bruços e de lado por 30 dias.

Qual a duração da cirurgia:

A duração da cirurgia é em torno de 2 a 3 horas.

Permanência no Hospital:

Normalmente a internação é de 12 horas.

Cicatriz após a cirurgia:

As cicatrizes após a cirurgia podem ser em formato de pirulito, L ou T invertido. Isto vai depender do tamanho da mama e quantidade de pele que será removida.

Caso tenha mais dúvidas sobre a Mastoplastia não hesite em nos contatar. Teremos muito prazer em atendê-lo!