A calvície está chegando? veja as melhores vitaminas

Cabelo com vitaminas para crescer

Conheça as principais vitaminas para crescer o cabelo e como elas ajudam no combate ao envelhecimento

A calvície consiste na miniaturização capilar, processo pelo qual ocorre o afinamento do fio que se torna mais rarefeito até que para de nascer. Para combater essa condição é fundamental ingerir vitaminas para crescer o cabelo.

Estudos indicam que entre os homens, 80% vai apresentar algum grau de calvície ao longo da vida. Entre as mulheres a queda de cabelo é associada principalmente às mudanças hormonais da gestação e pós-menopausa.

A seguir conheça quais as principais vitaminas para cabelo e como uma alimentação saudável afeta a saúde capilar.

Qual a relação entre vitaminas e a saúde capilar?

Em casos normais, o couro cabeludo tem cerca de 100 mil fios e 90% deles em fase de crescimento, o que demanda constantemente vitaminas, proteínas e minerais para que haja uma manutenção adequada da saúde capilar.

As vitaminas são responsáveis por reações químicas associadas ao funcionamento e renovação das células, como na metabolização de alimentos, produção hormonal e imunidade.

Sem a ingestão adequada de vitaminas, o organismo não funciona corretamente, o que inclui o crescimento capilar, mas não apenas. A falta de nutrientes pode prejudicar a aparência da pele, fortalecimento das unhas e fios e causar o envelhecimento precoce aumentando rugas e flacidez.

Mesmo sendo essenciais, algumas vitaminas não são produzidas pelo organismo, sendo necessário consumi-las em uma dieta rica e diversificada.

Destaca-se que não é possível nutrir os fios por meio de produtos tópicos, como com condicionador, hidratantes e outros. A única forma de obter as vitaminas para crescer o cabelo é por meio da alimentação ou suplementação.

Apesar dos benefícios delas, o excesso de vitaminas também pode comprometer a saúde e prejudicar o crescimento capilar, portanto, os suplementos nunca devem ser tomados sem a devida recomendação médica.

5 vitaminas para crescer o cabelo

Conheça a seguir quais as vitaminas para crescer o cabelo mais importantes e quais alimentos podem ser adicionados à dieta para garantir a ingestão adequada desses nutrientes.

1. Vitamina A

A vitamina A é responsável pelo crescimento dos tecidos, sendo o cabelo o que mais precisa desse nutriente.

Além disso, essa vitamina atua junto às glândulas da pele para produção do sebo que garante a hidratação do couro cabeludo e manutenção de cabelos mais saudáveis e brilhantes.

A deficiência de vitamina A pode levar à perda de cabelo, no entanto, se ela estiver em excesso no organismo também pode ocorrer à queda capilar.

Entre os alimentos que podem ser ingeridos para obter vitamina A destacam-se a batata-doce, cenoura, abóbora, espinafre, couve, leite, ovos e iogurte.

2. Vitaminas B

A vitamina B, também chamada de biotina, é uma das principais vitaminas para crescer o cabelo. Ela ajuda na produção de glóbulos vermelhos responsáveis por levar oxigênio ao couro cabeludo e folículos pilosos, o que influencia no crescimento capilar e recebimento dos demais nutrientes.

A vitamina B pode ser ingerida em diversos alimentos como grãos integrais, amêndoas, carne, peixe, frutos do mar e folhas verdes escuras.

Frutas e vitaminas para crescer o cabelo

3. Vitamina C

A vitamina C tem como principal benefício à saúde capilar e ao rejuvenescimento o efeito antioxidante que protege o organismo do estresse oxidativo causado pelos radicais livres.

Essa vitamina também contribui na produção de colágeno, uma proteína importante da estrutura dos fios, e melhora a absorção de ferro pelo organismo.

Para melhorar a ingestão de vitamina C é possível consumir mais morangos, acerola, goiabas e frutas cítricas.

4. Vitamina D

A diminuição da vitamina D no organismo está associada a quadros de calvície. Isso porque ela contribui à criação de folículos pilosos responsáveis pelo nascimento e crescimento dos fios.

Não são incomuns pessoas que tenham deficiência de vitamina D. O “consumo” dela é diferente e o organismo produz esse nutriente quando entra em contato direto com os raios solares (sem protetor solar, portanto).

Nos alimentos, a vitamina D pode ser encontrada em carnes, peixes e frutos do mar, como salmão, sardinha e mariscos, ovo, leite, fígado, queijos e cogumelos.

5. Vitamina E

A vitamina E é um antioxidante que ajuda a prevenir o estresse oxidativo das células, diminuindo os efeitos negativos dos radicais livres.

Um estudo indicou que a suplementação com vitamina E em pessoas com perda de cabelo resultou no aumento de 34,5% no crescimento capilar, enquanto no grupo de controle esse crescimento se limitou a 0,1%.

Entre os alimentos que podem ser ingeridos para garantir a ingestão adequada de vitamina E incluem sementes de girassol, amêndoas, espinafre e abacate.

Destaca-se que em pacientes com alopecia androgenética (calvície hereditária mais comum nos homens), as vitaminas dificilmente vão reverter um quadro de miniaturização avançado.

No entanto, uma dieta adequada pode retardar os sintomas e contribuir para evitar a queda de cabelo principalmente em pacientes nos quais essa condição está associada à falta de nutrientes.

Uma alimentação saudável também é responsável por reduzir o envelhecimento precoce, aumentar a disposição, ajudar no controle do peso e propiciar uma pele mais elástica e com menos rugas. Portanto, invista em uma dieta balanceada para obter benefícios estéticos e de saúde!

 

Agende agora a sua consulta!

 

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
WhatsApp Clique aqui e fale conosco via WhatsApp