11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Mitos e verdades sobre Refrigerante Zero

Muito se ouve sobre os malefícios trazidos pelos refrigerantes zero, mas será mesmo que eles engordam? Apresentam mais sódio? Causam câncer? Veja o que é verdade e mito!

Não é nenhuma novidade que os refrigerantes convencionais trazem uma série de malefícios bastante conhecidos para a saúde de qualquer indivíduo. Além de todos os corantes e toxinas, os refrigerantes engordam e, independentemente de sua composição, nenhum deles se compara aos líquidos naturais, se formos colocar na balança. Porém, desde a invenção dos refrigerantes zero, muita gente acaba comprando essa linha de refrigerante achando que está consumindo algo menos calórico e mais saudável, mas, será mesmo? A lista de boatos que paira sobre os refrigerantes zero não é pequena, mas é preciso saber analisar de fato o que eles causam ou não. Para responder a essas e outras perguntas, listamos abaixo alguns mitos e verdades mais relevantes sobre os refrigerantes zero!

1. Diabéticos não podem tomar refrigerante zero
Isso é mito. Os refrigerantes podem ser, sim, ingeridos por pessoas portadoras de Diabetes, já que ambos são desprovidos de açúcar, tanto a versão diet quanto sua versão zero. No entanto, assim como tudo na vida, o consumo de refrigerantes para quem tem diabetes e, principalmente, se o grau da doença estiver mais agravado, deve ser moderado, e isso se aplica à todos os refrigerantes em geral.

2. O refrigerante zero contém mais sódio
Verdade! O refrigerante zero é muito conhecido por não conter açúcar, mas, em compensação, o sódio vem em quantidades muito maiores. O problema é que a presença exacerbada de sódio no sangue pode provocar hipertensão, problemas renais e retenção de líquidos.

Refrigerante provoca câncer?
Sim e não. Desde o surgimento da Coca-Cola, a fabricante de refrigerantes mais famosa e reconhecida no mundo, é recorrente o número de informações divulgadas sobre o fato de que essa bebida pode contribuir para o desenvolvimento de um câncer. Na época, admitiu-se se tratar de um boato, mas, como dizem por aí, toda mentira pode ter um pedacinho de verdade. O fato é que, por volta dos anos 70, houve uma série de estudos sobre o impacto desse tipo de sódio usado nos refrigerantes em nosso organismo. Os estudos foram, em sua maioria, realizados com ratos e indicaram que, em determinados animais, houve o surgimento de tumores na bexiga. Mas, ainda não se sabe, se o que desencadeou isso foi uma pré-disposição genética ou vulnerabilidade dos animais, ou a ingestão abusiva de sódio.

Refrigerante zero engorda mesmo?
Bom, como dissemos acima, tudo o que é ingerido em excesso faz mal para nosso organismo, então os refrigerantes zero não são nenhuma exceção. Segundo dados da Anvisa, o ciclanato de sódio, encontrado nos refrigerantes zero, transforma-se em cicloexilamina no intestino, podendo causar problemas variados de saúde. Porém, isso acontece apenas se houver a ingestão excessiva de refrigerante zero. Apesar de não possuir açúcar, o refrigerante zero engorda e não deve ser ingerido em excesso, não só pelo fato de não engordar, mas por motivos de saúde. Sabendo aliar prazer e moderação, a ingestão do refrigerante zero não vai trazer problemas de saúde, a não ser que seu corpo já apresente certas vulnerabilidades ou alergias às substâncias contidas no produto.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).