Tudo o que você precisa saber sobre reeducação alimentar

Pessoa comendo em um prato com verduras e legumes

Entenda mais sobre a reeducação alimentar e conheça seus benefícios.

Com a modernidade e todas as comodidades trazidas pela tecnologia. Nossas vidas estão ficando cada vez mais confortáveis e aquilo que antes levava algum esforço. Agora pode ser feito apenas com alguns movimentos. O problema é que nós fomos criados para nos mantermos em atividade e quando ficamos muito tempo sem nos movimentar o corpo começa a dar os primeiros sinais de sobrecarga física e emocional.

Com o sedentarismo e a alimentação moderna, que se limita a comidas gordurosas e bebidas hipercalóricas, o corpo acaba ficando comprometido e o sobrepeso não demora a vir. Para tentar sanar esse problema, muita gente recorre a dietas absurdas e o uso de medicamentos com o intuito de perder o que foi acumulado. Porém, os resultados são sempre temporários. O emagrecimento definitivo e a manutenção da saúde são frutos de um esforço contínuo. Isso vai incluir não só os exercícios físicos, mas principalmente a reeducação alimentar.

O que é reeducação alimentar?

reeducação alimentar

Basicamente, significa reaprender a comer aquilo que realmente é nutritivo. Quem quer emagrecer de forma saudável e sem ficar vulnerável ao efeito sanfona precisa recorrer à reeducação alimentar. A reeducação alimentar, diferentemente das dietas, ajuda não só a emagrecer, mas a manter o peso ideal do indivíduo.

Com a corredia da rotina, nossa alimentação acaba virando uma preocupação secundária e passamos a comer tudo o que vemos pela frente. Se estamos com fome antes do almoço, por exemplo, comemos fast-food. Quando a ansiedade bate à porta, atacamos os doces. Esse comportamento vai despertando maus hábitos e, quando nos demos conta, estamos mergulhados em um tipo de alimentação totalmente destrutivo e que nos deixa ainda mais fracos e doentes.

O fato é que precisamos entender que não adianta abusar em uma festa de casamento e ficar a semana sem jantar ou se alimentando de folhas. Isso não é saudável e seu corpo é muito mais inteligente do que pensa. A tendência é sempre de engordar ainda mais posteriormente. A reeducação alimentar traz exatamente o que precisamos para termos uma vida mais saudável, consciente e harmoniosa: o equilíbrio.

Com uma reeducação alimentar, não é necessário adotar atitudes radicais e pode-se comer de tudo na medida certa. A reeducação alimentar ajuda o indivíduo a adotar hábitos alimentares saudáveis, de forma que outras práticas sejam incorporadas à sua vida e você consiga controlar-se.

Você também pode gostar de ler: Saiba porque você tem que deixar de consumir refrigerante

Como fazer reeducação alimentar?

Adelgazar-sin-privarse-de-nada

A reeducação alimentar não é só indicada para quem quer emagrecer, mas também para quem quer adotar um estilo de vida mais saudável e disciplinado. A primeira dica para não cair no conto das dietas da moda é evitar atitudes radicais. Se você quer emagrecer ou deseja manter o peso a longo prazo, isso não precisa ser feito de forma agressiva.

Nas dietas restritivas, perde-se gordura, mas também se perde líquido e massa muscular. O organismo interpreta a dieta como uma ameaça e começa a acumular mais gordura com o tempo. Para seguir uma reeducação alimentar, evite seguir cardápios monótonos, uma vez que isso leva o organismo a ter carência de nutrientes, fazendo você atacar o que vir pela frente.

Beba bastante água ou chás – 08 a 10 copos diários – para hidratar o corpo e não acabar exagerando em bebidas mais calóricas. O ideal é sempre optar por versões integrais e que tenham uma menor quantidade de gordura saturada.

Outra dica é não ficar muito tempo sem comer, uma vez que o corpo começa a sentir falta de alimento e fica mais difícil não cair na tentação. Por último, temos os exercícios físicos, que são mais do que essenciais estando ou não em uma reeducação alimentar. A prática de exercícios físicos ajuda a distribuir os nutrientes absorvidos e queima o que for desnecessário.

Você também pode gostar de: Vida Saudável: O que comer no jantar?

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
WhatsApp Clique aqui e fale conosco via WhatsApp