Tratamento Para Gordura Localizada: Saiba Qual é o Ideal Para Cada Caso

Gordura localizada

Você não consegue se livrar do excesso de gordura em determinada parte do corpo com dieta e exercícios? O tratamento para gordura localizada pode ser a solução!

Quem sofre com excesso de gordura em regiões como barriga, coxas, flancos e axila pode se sentir desconfortável em várias situações, principalmente com a chegada do verão. Felizmente, é possível recorrer a exercícios e a um tratamento para gordura localizada.

No caso dos exercícios físicos, o objetivo deles costuma ser promover o fortalecimento muscular da região, de forma a favorecer a queima da gordura e melhorar os contornos. Porém, muitas vezes eles não são suficientes para acabar com a gordura localizada.

Conheça os melhores tratamentos para cada caso de excesso de gordura:

Gordura localizada na barriga

Gordura localizada barriga

A gordura que se acumula na barriga é bastante persistente. Para eliminá-la, é preciso caprichar nos exercícios abdominais para fortalecer os músculos dessa região, que vão ajudar a queimar gordura.

Recomenda-se praticar esses exercícios três vezes por semana, com foco maior na intensidade dos movimentos do que na quantidade de repetições. Para garantir que você está trabalhando todos os músculos, é necessário ter a assistência de um profissional de educação física.

Se mesmo assim a barriguinha persistir, você pode recorrer a um tratamento para gordura localizada. Nessa área do corpo, os procedimentos estéticos que dão mais resultado são a criolipólise, a radiofrequência, o manthus e a lipocavitação.

Já no campo das cirurgias plásticas, a lipoaspiração e a abdominoplastia são os procedimentos capazes de melhorar os contornos dessa região.

Gordura localizada nos flancos

Gordura localizada nos flancos

Os flancos são aquela região da lateral do tronco, que fica no espaço entre as costelas e o osso do quadril. Para queimar a gordura nesse local, é necessário combinar dois exercícios: os abdominais oblíquos e a cadeira abdutora, praticando duas a três vezes por semana.

Caso você não alcance os resultados desejados, é possível recorrer a procedimentos como massagens modeladoras, lipocavitação e radiofrequência para reduzir a gordura localizada desse local.

A cirurgia de lipoaspiração também vai melhorar muito a gordura localizada. Se a única queixa do paciente for a gordura nos flancos, é possível recorrer a uma mini lipo.

Gordura localizada nas costas

Gordura localizada nas costas

Para queimar a gordura localizada nas costas, é preciso fortalecer a musculatura da região com exercícios como a remada sentada e o pulley frente pelo menos duas vezes por semana.

Porém, se você continuar observando aquelas dobrinhas desagradáveis que aparecem abaixo das escápulas e da linha do sutiã nas costas, que marcam muito a roupa, é possível escolher um tratamento para gordura localizada.

As melhores opções para essa região são a lipocavitação e a endermologia. Assim como no caso dos flancos, é possível fazer uma mini lipo nesse local. Caso o paciente deseje remover gordura localizada de outras regiões do corpo, existe a opção da lipoaspiração tradicional.

Gordura localizada nas coxas

Gordura localizada nas coxas

As coxas tendem a acumular gordura na região interna e posterior, bem perto do bumbum. Como consequência disso, é bastante comum que essas partes do corpo apresentem certo grau de celulite, que varia conforme a quantidade de gordura e as características da pessoa.

Para queimar a gordura das partes internas e posteriores da coxa, é preciso fortalecer os músculos com exercícios na cadeira adutora ou no chão com o uso de caneleiras. Agachamento, afundo e legpress com rolo entre os joelhos também são boas opções.

Caso o paciente deseje recorrer a procedimentos estéticos para melhorar os resultados dos exercícios, os tratamentos que mais funcionam nessa região são aqueles que envolvem a aplicação de uma corrente elétrica.

Entre eles, estão a corrente russa, a corrente aussie, a radiofrequência, a lipocavitação, o Manthus, o Heccus e a carboxiterapia. A solução cirúrgica para esse problema é a lipoaspiração.

Gordura localizada nas axilas

Godura localizada nas axilas

Aquela gordurinha que sobra nas axilas estraga qualquer look se você resolver utilizar roupas cavadas, deixando muitas mulheres inseguras na hora de colocar um vestido ou uma blusa sem mangas.

Alguns exercícios que podem ajudar a queimar essa gordura são aqueles que trabalham os músculos peitorais, como o tríceps banco, as barras paralelas, o supino com halteres e a flexão de braço.

Quem procura um tratamento para gordura localizada nas axilas encontra bons resultados com a carboxiterapia, a criolipólise, o ultrassom e a radiofrequência. A mini lipo ou hidrolipo também funciona muito bem para essa região.

Gordura localizada no pescoço (papada ou queixo duplo)

Papada

A gordura que se acumula no pescoço é a responsável por formar a temida papada, também conhecida como queixo duplo. Além da gordura, também existe um excesso de pele nessa região, comum em pessoas com sobrepeso ou obesidade.

Existem alguns exercícios para essa região, mas eles não são tão eficazes quanto os tratamentos estéticos. Nesse caso, indicam-se a criolipólise e a radiofrequência. A mini lipo e a lipoaspiração também são boas soluções para esse tipo de gordura localizada.

Porém, em alguns casos de pessoas com muita flacidez, somente a sucção da gordura não vai eliminar toda a papada, sendo necessário fazer também uma cirurgia de lifting facial para retirar o excesso de pele.

O que você precisa saber antes de recorrer a um tratamento para gordura localizada

Tratamento gordura localizada

Os tratamentos estéticos e as cirurgias plásticas para remover o acúmulo de gordura em determinadas regiões do corpo costumam oferecer resultados muito satisfatórios, com destaque para a mini lipo e a lipoaspiração.

Porém, para que o efeito seja duradouro, é necessário que o paciente adote bons hábitos de saúde, mantendo uma alimentação saudável e praticando exercícios físicos. Caso isso não seja feito, a gordura poderá se acumular novamente na mesma região.

Ao escolher um tratamento para gordura localizada, tenha em mente que a durabilidade dos resultados depende dos cuidados que o paciente terá com a própria saúde após o procedimento, pois a tendência de acúmulo de gordura pelo organismo não muda.  Depois de todas essas informações, está pronta para começar o tratamento? Entre em contato com uma Clínica de Cirurgia Plástica.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. Ieda Pacheco disse:

    Mini lipo