11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Soja: Versátil e Saudável

Soja: saudável, livre de colesterol e ideal para inúmeras receitas.

Quem nunca ouviu falar sobre a soja? A palavra soja é derivada do japonês e a planta tem origem ficial na China e no Japão, apesar de também estar presente em outros países da Ásia. A soja é um alimento cujo sabor é levemente similar ao das nozes e é cultivada há mais de 3 mil anos. Apesar de ser cultivada em grandes quantidades na Ásia, é no Ocidente que ela está ganhando mais fama. Por ser um alimento bastante versátil e proporcionar muitos benefícios à nossa saúde, a soja tornou-se um fenômeno em países ocidentais e vem sendo incorporada na rotina alimentar de cada vez mais gente, principalmente pelos mais saudáveis. Ano após ano, essa leguminosa é produzida em grandes quantidades e, hoje , é distribuída em praticamente todo o mundo. A soja tem seu crescimento em vagens, contém sementes comestíveis e, embora muitos achem que elas são verdes, elas também podem ser pretas ou castanhas.

A textura dessa leguminosa é tão moldável que ela pode ser processada de diferentes formas, o que facilita ainda mais a sua incorporação na rotina alimentar das pessoas, uma vez que ela pode ser adicionada a um grande número de receitas. Alguns exemplos são a soja seca, suas sementes, leite de soja, farinha ou nozes de soja, tofu, misô, entre muitas outras formas disponíveis no mercado. Além de sua versatilidade, a soja é um alimento extremamente nutritivo e ajuda a regular o ciclo menstrual das mulheres, além de baixar os níveis de colesterol, aliviar os sintomas da menopausa, diminuir o risco de câncer de mama e de outras doenças como arteriosclerose, diabetes, trombose, insuficiência renal, osteoporose, diarreia e alergias, entre outras. Isso porque a soja se destaca entre as leguminosas como sendo uma das que possui valor nutricional maior, apresentando minerais (cobre, zinco, magnésio, potássio, cálcio, fósforo), e vitaminas (A e C) em quantidades muito acima da média, quando comparada aos outros grãos. Além do baixo teor de colesterol, o ferro contido na soja também é bastante benéfico.

Sua proteína texturizada fica muito boa quando utilizada em receitas, mas, em geral, ela é um alimento do tipo universal. É possível utilizá-la em bifes, molhos, refogados, picadinhos, panquecas e recheios de tortas. A farinha de soja pode ser utilizada para fazer hambúrgueres, almôndegas ou bifes de soja, enquanto os grãos podem ser consumidos como o feijão e implementar pratos mais coloridos como saladas salgadas ou doces. O leite de soja, por sua vez, além de poder ser ingerido – e é delicioso! – pode também ser usado para fazer doces, tortas, mousses e bolos.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).