11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Efeito sanfona e todos os males que ele pode trazer ao seu corpo

efeito sanfona

Mais do que fugir do efeito sanfona, o “engorda-emagrece-engorda”, melhor maneira é aprender a reeducar a alimentação para nunca mais ser vítima dessa situação

É possível que você já tenha enfrentado essa situação de engordar, emagrecer e engordar, o efeito sanfona. Depois de muito esforço e alguns dias de dedicação. Você conseguiu perder aqueles quilinhos extras e está no caminho certo para manter a sua boa forma física. Porém, chega um determinado final de semana que você decide que merece um “prêmio” e aí passa dos alimentos comendo de novo tudo aquilo que não deveria.

Com o passar dos dias e um natural relaxamento, seu peso vai voltando a ser aquele que era antes e, quando você se der conta disso, é hora de começar outra dieta para voltar a ter aquela cinturinha fina dos seus sonhos. Esse cenário é mais comum do que você imagina. Ele é parte do tormento das pessoas que dia após dia enfrentam o chamado “efeito sanfona”. Que faz com que você emagreça e engorde com muita facilidade.

Mas você sabia que esse sobe e desce do seu peso pode prejudicar o organismo? Esse eterno ciclo de perde e ganha pode resultar em transformações ruins tanto para o seu corpo quanto para o seu metabolismo. Sabe por quê? Porque ele entende essa sanfona como uma ameaça à sua integridade física. E pode até mesmo evitar que seu corpo perca calorias para preservar a sua saúde.

O sistema imunológico é o primeiro que sofre

Se existe uma coisa que funciona de uma maneira lógica exemplar é o corpo humano. E ele sabe que esses sinais de ganho e perda de peso com muita facilidade não fazem muito bem para a sua saúde. Então ele decide que precisa, de alguma forma, te preservar de tudo isso e é nessa hora que começam a surgir os primeiros problemas.

O efeito sanfona pode gerar um desequilíbrio energético no organismo, enfraquecendo o sistema imunológico e deixando você mais sujeita a doenças coronarianas. Isso acontece porque vitaminas, nutrientes e proteínas que auxiliam no retorno do peso somem com o passar dos dias, deixando você mais fraca. E um organismo mais fraco é um convite para que todos os tipos de males possam acometer você.

sistema imunológico

O efeito sanfona pode gerar um desequilíbrio energético no organismo.

A falta de uma rotina deixa seu corpo enlouquecido

Sabe quando você exagera na comida depois de um bom tempo fazendo regime e daí passa mal? Esse é um sinal do seu corpo dizendo não apenas que você exagerou. Mas que ele não está mais acostumado com isso. Esse comportamento ocorre porque o corpo humano vive em função de hábitos e rotinas e, qualquer coisa que o tire disso é interpretado como “estranho”.

Quando você se expõe de forma sucessiva a rotinas que possam resultar em aumento ou perda de peso repentinas. O corpo não tem tempo de acompanhar o ritmo e se adaptar e o resultado disso é que, quando a dieta acaba, ele entende que é hora de retomar as coisas nos níveis que elas estavam antes. Ou seja, se você se privou de comida por uns tempos para emagrecer rápido. O corpo vai tentar tirar o atraso e a tendência é que você ganhe ainda uns quilos a mais.

reeducação alimentar

Reeducação alimentar: o segredo de tudo

Por mais que você faça esforços de todos os jeitos, não é a dieta em si que vai trazer resultados. Muitas vezes, também não basta fazer uma cirurgia estética e, depois disso, continuar mantendo uma rotina alimentar pouco saudável e que vai fazer você engordar novamente. O grande segredo é trabalhar a sua reeducação alimentar. Em outras palavras. Isso significa que você deve adotar para sempre uma alimentação equilibrada e eliminar o máximo possível de gorduras, proteínas e carboidratos das suas refeições.

Inclua em seu cardápio mais legumes, verduras e frutas. Coma alimentos de todos os grupos e procure não comer muito em uma única refeição. É melhor fazer seis refeições moderadas ao longo do dia do que se empanturrar no almoço e no jantar e depois ficar indisposto para suas atividades ou mesmo para dormir.

emagrecer de vez

O grande segredo é trabalhar a sua reeducação alimentar.

Combine boa alimentação com exercícios para uma vida mais saudável

A mudança que deve ocorrer em você para evitar o efeito sanfona não é apenas alimentar. Mas sim de mentalidade e de hábitos. Por isso, além de reeducar para comer melhor e evitar alimentos que não acrescentam muita coisa em termos de nutrientes. Programe-se também para iniciar uma rotina de exercícios.

Por mais simples e moderados que eles sejam, a prática esportiva é fundamental para deixar o seu corpo sempre em forma. Caminhada, corrida, andar de bicicleta, natação ou academia, não importa. O mais importante é que você se exercite com frequência de forma a unir os benefícios de uma boa alimentação com as maravilhas da oxigenação do sangue e do relaxamento físico advindos dos exercícios.

como faço para emagrecer

Programe-se também para iniciar uma rotina de exercícios.

Mude o jeito de encarar a vida

As cirurgias estéticas podem corrigir problemas eventuais decorrentes de um histórico de alimentação nada saudável ou de uma vida sedentária. Entretanto, somente a mudança de mentalidade dos pacientes após os procedimentos cirúrgicos é que vão garantir que não serão necessárias novas cirurgias corretivas em decorrência do efeito sanfona.

Acima de tudo, é preciso ter a consciência de que o seu organismo precisa seguir algumas regras básicas e a alimentação adequada, aliada à prática de exercícios, é uma delas. Essa mudança deve ser permanente e precisa ser incorporada com naturalidade à sua rotina, tornando-se um hábito tão natural quanto escovar os dentes.

efeito sanfona

Você também pode gostar de: Alimentos antioxidantes: Saiba como podem ajudar a manter a sua juventude

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).