Saiba como acabar com a barriga flácida

Ela parece que não vai embora nunca, mas vai sim. Veja como a combinação de exercícios e alimentação balanceada acaba com o abdome flácido.

Ela incomoda, irrita e muitas vezes parece que nunca mais vai sair dali. Você faz academia e até já emagreceu bastante, mas a barriga teima em continuar flácida. Apesar do desespero que bate ao ver que nada parece funcionar, a verdade é que esse verdadeiro terror, principalmente entre as mulheres, pode ter jeito sim. Claro que, como a maioria das coisas que se quer muito, isso não é uma tarefa fácil: é preciso força de vontade e perseverança para levar a cabo uma combinação de exercícios e mudança de hábitos alimentares. Pois é, se você faz academia e a flacidez continua na barriga é porque alguma coisa você está fazendo de errado. E se não faz exercícios, bem, então está mais do que na hora de começar.

Barriguinha flácida pode ser fator de risco para doenças

Você já deve ter reparado que a barriguinha flácida é bastante democrática e aparece até em famosas que, por força da profissão, malham um bocado para fazer shows e aparecerem fininhas no telão, como é o caso da cantora e atriz Jennifer Lopez. Só que além de esteticamente reprovável, essa flacidez no abdome acaba também se tornando fator de risco para algumas doenças cardiovasculares, como a hipertensão, e metabólicas e endócrinas, como a diabetes mellitus do tipo 2. Quem faz exercícios regularmente mas continua mantendo sua barriguinha flácida, na verdade precisa mesmo é d e uma reeducação alimentar. Sim, porque um dos grandes fatores dessa flacidez abdominal é justamente a alimentação inadequada.

Balancear a alimentação é o primeiro passo

A primeira providência é evitar alimentos com alto índice glicêmico, aqueles que promovem a movimentação da insulina no organismo, o hormônio que permite que o açúcar seja estocado em forma de gordura no corpo. Entre os alimentos “proibidos” estão as massas, frutas como abacate e manga, e os doces de uma forma geral. Dê preferência a alimentos amarelos, verdes cítricos, tomate, folhas em geral, peixes e grãos integrais, eles são ricos em antioxidantes com grande concentração de vitaminas A, C e E, além de selênio e carotenoides. Por terem índice glicêmico muito baixo, não propiciam o acúmulo de açúcar em forma de gordura e podem ser consumidos à vontade. Ingerir proteínas também é fundamental, e a carne é a maior fonte delas, assim como o colágeno, encontrado em abundância na gelatina – mas dê preferência para as sem açúcar ou limite a sua ingestão à hora da sobremesa.

Exercícios físicos deixam os músculos mais densos

Você pode ajudar ainda mais o processo de eliminação da flacidez bebendo bastante água, que, além de mantê-la devidamente hidratada, ainda ajuda a acelerar o metabolismo evitando a gordurinha localizada. Ela é importantíssima para todos, mas quem faz exercícios deve prestar ainda mais atenção à hidratação. Quem não faz, está na hora de começar se quer realmente perder a barriguinha flácida. Se a academia não é o seu forte, você pode caminhar ou pedalar, mas os mais indicados para eliminar esse incômodo são os exercícios de força, alongamento e resistência, tornando os músculos mais densos e fortes, o que diminui a flacidez. Mas lembre-se: é preciso dedicação, fazer exercícios contínuos – porque na hora que parar a barriguinha pode voltar – e cuidar da alimentação ao mesmo tempo. O mais importante é ter força de vontade, o resto você consegue.

Não deu jeito? Que tal tentar uma abdominoplastia? 

Este procedimento tem como objetivo a redução do volume abdominal.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. magaly de Souza torres disse:

    Dra gostaria de emagrecer 7 kg ,me passa uma dieta por favor tenho uma vida corrida então eu só me alimento so na rua tenho 43 anos e se eu ficar sem comer por um determinado período eu sinto fraqueza… Me passe por favor uma dieta prática. Obrigada nu

    • Luciana Pepino disse:

      Oi Magaly! Tudo bom?

      O ideal é que você procure se alimentar em períodos certos e evitar comer comidas gordurosas ou com açúcares na rua, quanto mais saudável, melhor. Mas para passar uma dieta para você, é necessário que você procure um profissional, como nutricionista, nutrólogo ou endocrinologista, por exemplo.

      Sucesso na sua conquista!

      Beijos