11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Como funciona a R24R (cirurgia de recuperação em 24h)?

Curiosidades e vantagens da cirurgia R24R

R24R (cirurgia de recuperação em 24h) permite retomada das atividades diárias no dia seguinte à mamoplastia de aumento. Conheça os protocolos dessa técnica

Apesar de ainda ser vista como uma novidade, a R24R (cirurgia de recuperação em 24h) é uma técnica cirúrgica usada desde 2002, tendo sido desenvolvida pelo cirurgião plástico John Tebbetts.

O principal diferencial e vantagem da R24R (cirurgia de recuperação em 24h), também chamada de Fast Track Recovery e recuperação rápida, é que toda a estratégia cirúrgica é planejada para que a paciente possa retomar suas atividades no dia seguinte à cirurgia.

De fato, os resultados publicados por Tebbetts na Plastic and Reconstructive Surgery Journal indicam que até 96% das pacientes submetidas à técnica conseguem retomar as atividades em até 24 horas.

Como é feita a R24R (cirurgia de recuperação em 24h)?

Para que os resultados com a R24R (cirurgia de recuperação em 24h) sejam possíveis, todo o planejamento cirúrgico é diferente da mamoplastia de aumento tradicional, desde o pré-operatório, até os instrumentos e abordagem durante a cirurgia.

A rápida recuperação da cirurgia tem relação com uma série de protocolos médicos desenvolvidos dentro do centro cirúrgico para minimizar o trauma dos tecidos adjacentes que está relacionado ao maior período de recuperação. Entre as diretrizes incluem-se:

  • administração de antibióticos intravenosos junto ao anestésico no início da cirurgia; 
  • evitar, sempre que possível, as incisões ao redor do mamilo ou pela axila
  • uso de protetores de mamilo, o que minimiza as chances de contaminação da prótese por bactérias presentes nos ductos mamários; 
  • reduzir o trauma do tecido mamário durante a dissecção para evitar danos aos tecidos adjacentes; 
  • interromper prontamente sangramentos que possam acontecer durante a cirurgia;
  • reduzir as incisões diretamente no tecido mamário para diminuir o contato do implante com a mama; 
  • irrigar a loja com soluções como a betadina 50% ou antibióticos específicos; 
  • usar o funil introdutor para posicionamento da prótese de silicone evitando que ela entre em contato com a pele e possíveis bactérias; 
  • usar instrumentos e afastadores no manuseio dos tecidos, contribuindo na preservação dos tecidos; 
  • substituir as luvas cirúrgicas na hora de manusear o implante, evitando o contato dele com o sangue; 
  • reduzir o tempo entre a retirada da prótese de silicone da embalagem esterilizada e a colocação na mama;
  • evitar  movimentos desnecessários, como o uso de provadores ou recolocar o implante na loja; 
  • fazer o fechamento da incisão por camadas da pele; 
  • evitar o uso de drenos; 
  • prescrever profilaxia com antibióticos.

Portanto, o sucesso da R24R (cirurgia de recuperação em 24h) depende diretamente da qualificação do cirurgião plástico para atender a esses protocolos no momento da cirurgia plástica.

Trata-se de uma técnica segura e eficiente, mas que demanda grande atenção aos detalhes para que seja executada com precisão e viabilize a recuperação mais rápida da paciente.

Quais os benefícios no pós-operatório?

Procedimentos com cirurgia R24R

 

O pós-operatório da R24R (cirurgia de recuperação em 24h) é significativamente menos dolorido e demorado do que o da mamoplastia de aumento tradicional.

Nessa técnica, a paciente recebe alta hospitalar no mesmo dia devido à escolha do anestésico e, no dia seguinte, consegue fazer alguns movimentos leves com os braços, como pentear o cabelo e tomar banho.

Na mamoplastia tradicional a retomada das atividades diárias pode demorar cerca de 15 dias e até 30 para uma evolução mais satisfatória do quadro. 

Dessa forma, a R24R (cirurgia de recuperação em 24h) é uma opção para mulheres que desejam fazer a mamoplastia de aumento, mas almejam um pós-operatório mais rápido e tranquilo. Agende sua consulta aqui e saiba mais!

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).

Deixe aqui seu comentário

*