(11) 3285-6412Segunda a Sexta-Feira das 10h às 19h
Clínica Especializada em Cirurgias Plásticas
  • A Clínica
  • Cirurgias
  • Procedimentos
  • Informações
  • Dicas
  • Contato
  • Blog
Agendar Consulta
retornar
Saiba como o tabagismo afeta a queda de cabelo

Tabagismo compromete a queda de cabelo?

Tabaco pode influenciar queda de cabelo, mas não deve ser considerado isoladamente visto que diferentes fatores podem estar relacionados. Saiba mais!

Os malefícios do tabaco à saúde já são amplamente conhecidos, com destaque à associação desse hábito ao desenvolvimento de câncer. Entretanto, também é possível que o cigarro cause outros problemas, como a queda de cabelo.

Os prejuízos causados pelo tabaco à saúde devem-se às substâncias tóxicas presentes na formulação, com destaque à nicotina, responsável pelo vício que faz com que o hábito de fumar possa durar décadas e ser difícil de superar.

É justamente pelo vício continuado que o tabaco resulta em diferentes problemas à saúde. Confira a seguir.

Queda de cabelo e tabaco: qual a relação?

Alguns estudos têm relacionado o hábito de fumar com o surgimento precoce de cabelos brancos, com maior incidência desses fios entre jovens com menos de 30 anos entre a população fumante.

Além disso, o tabaco pode agravar quadros de alopecia androgenética, levando a uma progressão da queda de cabelo que se torna mais intensa e precoce.

Essas consequências devem-se ao comprometimento do transporte de nutrientes e oxigênio pelo sangue devido ao estreitamento dos vasos causado pela nicotina e demais substâncias tóxicas.

O cigarro compromete a microcirculação sanguínea, responsável pelo transporte de nutrientes e oxigênio.

Outro aspecto prejudicial é que o monóxido de carbono da fumaça afeta a capacidade de transporte de oxigênio pelas células sanguíneas.

Os malefícios do cigarro à saúde e à estética também se devem ao fato que o cigarro estimula a produção de radicais livres e os processos inflamatórios do organismo.

Com isso, há um maior desgaste da membrana celular e prejuízos à renovação celular, causando o envelhecimento e morte precoce das células. 

Apesar da relação entre tabaco e queda de cabelo esse fator não deve ser considerado individualmente.

O que causa a queda de cabelo?

queda de cabelo e tabagismo estão relacionados?

O tabaco dificilmente será o responsável único pela queda de cabelo, no entanto, os prejuízos causados podem intensificar quadros, especialmente os genéticos.

Pacientes com alopecia androgenética, por exemplo, que têm tendência à calvície devido à herança hereditária, podem ter a condição agravada ou antecipada pelo cigarro.

Nesses casos, há uma aceleração dos processos de miniaturização dos fios e baixa renovação capilar, levando à calvície característica no topo da cabeça.

Apesar de não ser responsável único, o tabaco também pode influenciar quadros de eflúvio telógeno, uma queda temporária causada pela antecipação da fase de queda do cabelo decorrente de eventos ou aspectos crônicos, como:

Devido ao aumento dos radicais livres e tendência pró-inflamatória do cigarro, tais condições podem ser agravadas e interferir na saúde capilar.

O ideal é que a queda de cabelo seja avaliada por um especialista para identificar fatores diretos e indiretos que possam estar associados, incluindo o papel do tabagismo para os problemas relatados pelo paciente.

A queda de cabelo é considerada normal quando se restringe a cerca de 100 fios por dia, pois o cabelo cai e cresce em ciclos.

Quando é superior a esse valor é indicado buscar auxílio médico para investigar as causas da queda de cabelo e também a abordagem terapêutica mais apropriada ao caso. Agende sua consulta aqui.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.


Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Agende sua consulta

Deixe o seu comentário


    Leia Também

    Carregando...

    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    Quero ajudar!
    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    logo

    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    Quero ajudar!

    Assine nossa newsletter

    Assine e receba dicas, novidades, materiais e muito mais.

    whatsapp

    Cirurgias

    Procedimentos

    Links Úteis

    Telefones de Contato

    Políticas de Privacidade

    Dra. Luciana L. Pepino. Diretora Técnica Médica

    CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

    logo

    2022. Dra. Luciana Pepino

    Todos os direitos reservados.