Prótese de mama: a importância de alinhar expectativas

Prótese de mama: a importância de alinhar expectativas

A prótese de mama é um recurso muito utilizado por mulheres que querem não só valorizar os contornos do seu corpo, mas também fazer as pazes com o espelho. Só no último ano, mais de 358 mil cirurgias de mama foram realizadas em todo o Brasil – sendo a Mamoplastia de aumento a mais procurada.

Muito dessa popularidade pode ser atribuída ao clima do nosso País: as altas temperaturas não só enchem as praias da nossa extensa costa como também contribuem para uma atmosfera de sensualidade e culto ao corpo perfeito.

E esse pode ser um grande problema para o sucesso de uma cirurgia de prótese de mama: as expectativas das pacientes sobre os resultados. E é sobre isso que vamos falar mais a seguir.

Como as referências trazidas pela mídia impactam nossas escolhas

Basta uma rápida passada de olhos em nossas redes sociais para sermos bombardeados de corpos perfeitos. Hashtags como #geraçãopugliesi ou #mahamudra trazem corpos sarados, seios empinados e abdomens de dar inveja a muitos homens e mulheres.

Tanto que muitas dessas imagens são trazidas por pacientes aos consultórios médicos como referências sobre o tipo de resultados que esperam obter em suas cirurgias.

Mas, especialmente no caso da prótese de mama, é fundamental entender que o resultado do procedimento depende de um conjunto de questões – e o tipo físico é uma delas. Mulheres de compleição física muito magra poderão obter um resultado totalmente artificial se a inspiração for o corpo de uma celebridade fit, por exemplo.

Por isso fizemos um pequeno guia com uma série de pontos que devem ser analisados durante o seu período de preparação para o procedimento. Confira abaixo.

O que você deve ponderar antes de fazer sua cirurgia de implante de prótese de mama

Você precisa ter expectativas reais sobre o resultado final – e isso envolve as suas condições físicas atuais

O tipo físico da paciente influi de forma considerável no resultado final. Mulheres acima do peso, que possuam uma grande camada de gordura no tórax, algum volume de mama ou flacidez na região apresentarão resultados diferentes, se comparados aos de pacientes extremamente magras, de pele firme, com contornos marcados e colos bem altos.

Tenha isso em mente ao buscar suas inspirações em celebridades, modelos e atrizes – procure por mulheres com o perfil físico mais parecido com o seu. Isso dará uma ideia um pouco mais exata dos seus próprios resultados.

Esta não será sua última cirurgia de mama

Os implantes mamários atuais são produzidos com base em tecnologia médica de última geração, para proporcionar o máximo em segurança e durabilidade. Mas não são eternos.

As próteses se desgastam com o passar dos anos – o que gera riscos como rupturas ou deslocamentos dentro da loja torácica. Todas essas questões são detectáveis através de exames que já fazem parte da rotina de cuidados de toda mulher, como o ultrassom e a mamografia.

Perda de peso, gravidez e até uma possível mudança de opinião sobre o formato do corpo são outros fatores que podem levar a paciente a fazer outra cirurgia após alguns anos.

Você vai precisar de um tempo para recuperar-se

A evolução da técnica tem proporcionado períodos de recuperação cada vez mais curtos e menos complicados. No geral, é possível retomar a rotina diária entre três a cinco dias.

Mas existe a possibilidade de você não se sentir 100% disposta para passar o dia todo sentada em uma cadeira de escritório. Especialmente se houver algum inchaço maior ou nos casos de próteses submusculares que geram mais dor no pós-operatório.

Posicionamento da prótese de mama – Fonte: site Dra. Luciana Pepino

Você vai precisar se acostumar com a prótese de mama em seu corpo

A textura das próteses de silicone disponíveis no mercado se assemelham muito a do seio natural. E implantes menores e aqueles colocados abaixo do músculo são mais difíceis de detectar.

Mas implantes muito maiores e posicionados acima do músculo podem causar algum efeito em sua postura. Não é nada drástico ou complicado – mas vale se preparar mentalmente para lidar com isso.

Você pode fazer outros procedimentos junto com a de prótese de mama

Muitas pacientes aproveitam o momento para fazer uma redução de aréola, uma lipoaspiração ou até uma abdominoplastia (completa ou mini). Isso é possível porque as recomendações no pós-operatório e as restrições de atividades e movimentos são bem semelhantes.

Se você pretende ter filhos, talvez seja melhor esperar

A prótese de mama não impede a amamentação ou causa qualquer problema para a saúde da mãe ou do bebê. Mas o aumento de peso durante a gravidez e a amamentação podem diminuir a durabilidade dos resultados da cirurgia.

Então, se ter filhos está em seus planos a curto prazo, talvez seja melhor adiar este procedimento até que seus seios se recuperem do período pós amamentação. Assim você garante seios firmes e bem torneados por um tempo muito maior.

Você não pode ir do sutiã 38 ao 46 de uma só vez

É importante estabelecer metas realistas e entender que seu corpo e sua pele precisam de tempo para se adaptarem às mudanças drásticas.

Por isso provavelmente o cirurgião escolhido poderá sugerir o uso de próteses intermediárias neste primeiro momento. E, passado algum tempo e estando o organismo apto e a pele distendida, aumentar o tamanho do implante.

Fonte: royaltysurgicalcenter.com/

Você precisa escolher bem o cirurgião

Preço e condições de pagamento devem ser o último quesito em sua busca pelo profissional certo. Primeiro certifique-se de que ele é especialista e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Em seguida, descubra se o cirurgião tem experiência no tipo de cirurgia que você pretende fazer – vale falar com outros pacientes e pedir referências para médicos com quem você já se relacione. A consulta presencial também ajuda a conhecer a abordagem do cirurgião em casos como o seu.

Você precisa encontrar a prótese de mama certa para o seu caso

Os modelos atuais disponíveis no mercado se diferem em termos de preenchimento, revestimento, formato, tamanho, perfil e textura. A melhor escolha vai depender do seu tipo físico e das suas expectativas sobre o resultado final.

Para ajudar na sua escolha, nós preparamos um e-book específico sobre prótese de mama. Clique e baixe gratuitamente para tomar a decisão certa!

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).