Proteja-se contra o câncer de pele

Mesmo que o clima de verão seja de pura descontração, não podemos ficar desprevenidos com os danos que o excesso de sol pode trazer à pele. Sim, é excelente colocar o bronzeado em dia, ter aquela marca de biquíni tão desejada, mas passar horas tostando embaixo do sol, ainda mais sem renovar a proteção com produtos que tenham FPS, é um tiro no escuro e uma oportunidade para o câncer de pele. Suas implicações variam de acordo com a idade, a genética e, especialmente, a exposição solar excessiva.

É fato que pessoas com pele, cabelo e olhos claros são mais inclinadas a terem câncer de pele, mas isso não quer dizer que as outras estejam isentas a apresentarem esse quadro. A maioria dos cânceres de pele se inicia nas regiões da epiderme que estão em contato diário com o sol ou a qualquer outra forma de radiação ultravioleta, como os bronzeamentos artificiais. Saiba que ambos os casos ocupam o pódio como principais causas da doença, cujas pintas que aparecem estranhamente na pele são os primeiros sinais que necessitam de atenção.

Cuidar da pele nunca é demais. Por isso, invista em óculos de sol com UVA e UVB e produtos com FPS para que você se proteja dos raios solares agressivos. Esses itens são aqueles que devem estar na bolsa em qualquer ocasião. Em época de férias, os chapéus também são importantes e são grandes companheiros da praia e da piscina, assim como o popular guarda-sol. Para você que quer ficar da cor do pecado, se bronzeie aos poucos para que a cor dure mais tempo, sem descascar, e fuja da exposição solar entre 10h e 16h.

O protetor solar deve ser usado em qualquer momento do dia, de preferência com FPS acima do fator 30, reaplicado de duas em duas horas ou depois do mergulho. Até em dias de chuva o produto deve ser utilizado. Tenha em mente que, usar só os bronzeadores e ficar horas e horas se expondo ao sol, não garante proteção, pois eles não evitam que os raios ultravioletas atinjam a pele.

Se você se bronzeou, passe no médico depois de retornar da viagem de férias para fazer um check-up básico. O recomendado é fazer isso anualmente, pois os sintomas do câncer de pele são indolores e silenciosos. Portanto, previna-se!

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).